Cotidiano

Helicóptero da FAB é utilizado em simulação de acidente em Campo Grande

Foi realizado o 6º Simulado Anual de Acidente com Produtos Perigosos com a utilização de um helicóptero da FAB (Força Aérea Brasileira) no km-466 da BR-163 em Campo Grande, nesta quarta-feira (11). O exercício foi realizado pela concessionária que administra a rodovia, a CCR MSVia junto com outras 16 instituições de trânsito e resgate de […]

Diego Alves Publicado em 11/11/2020, às 20h22 - Atualizado em 12/11/2020, às 15h22

Helicóptero da FAB usado na simulação (Divulgação)
Helicóptero da FAB usado na simulação (Divulgação) - Helicóptero da FAB usado na simulação (Divulgação)

Foi realizado o 6º Simulado Anual de Acidente com Produtos Perigosos com a utilização de um helicóptero da FAB (Força Aérea Brasileira) no km-466 da BR-163 em Campo Grande, nesta quarta-feira (11). O exercício foi realizado pela concessionária que administra a rodovia, a CCR MSVia junto com outras 16 instituições de trânsito e resgate de Mato Grosso do Sul.

Helicóptero da FAB é utilizado em simulação de acidente em Campo Grande
Divulgação

Segundo a concessionária, a simulação envolveu uma carreta tanque, uma caminhonete e um veículo de passeio, com um vazamento de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo). Na simulação, a caminhonete invade a pista contrária e se choca com o caminhão e o veículo de passeio tomba. No choque, houve vazamento de GLP. A simulação exigiu a mobilização de equipes para socorrer as vítimas (duas graves, uma delas arremessada para fora do veículo). A FAB prestou apoio na remoção de uma das vítimas com helicóptero.

Ainda de acordo com a CCR/MS Vias, devido á pandemia, a simulação reuniu uma quantidade suficiente de pessoas para preservar a integridade de todos os participantes. O acompanhamento das atividades, foi feita também à distância, com a utilização de câmeras, que transmitiram a simulação ao vivo para uma sala especial na sede da concessionária, onde funciona o CCO (Centro de Controle Operacional).

Helicóptero da FAB é utilizado em simulação de acidente em Campo Grande
Divulgação

Participaram do exercício equipes do SAU (Serviço de Atendimento ao Usuário) da CCR MSVia, Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul, Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), PRF/MS (Polícia Rodoviária Federal), PMMS (Polícia Militar Rodoviária de Mato Grosso do Sul), PMA (Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul), FAB (Força Aérea Brasileira), Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), Coordenadoria Geral de Perícias, Defesa Civil Estadual de MS, Defesa Civil de Campo Grande, Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) e ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres.

Jornal Midiamax