Fortes rajadas de vento atingem Dourados mas não deixam estragos

O vendaval que atingiu cidades do interior na região Sul e principalmente na região de fronteira passou por Dourados mas praticamente não deixou estragos. Dados da estação agrometeorológica da Embrapa Agropecuária Oeste registraram rajadas de 33.4 quilômetros por hora e chuva de 16.7 milímetros. O números do Guia Clima da Embrapa, indicam que  a temperatura […]
| 14/04/2020
- 13:24
Fortes rajadas de vento atingem Dourados mas não deixam estragos
(Foto: Marcos Morandi) - (Foto: Marcos Morandi)

O vendaval que atingiu cidades do interior na região Sul e principalmente na região de fronteira passou por Dourados mas praticamente não deixou estragos. Dados da estação agrometeorológica da Embrapa Oeste registraram rajadas de 33.4 quilômetros por hora e chuva de 16.7 milímetros.

O números do Guia Clima da Embrapa, indicam que  a temperatura mínima na noite de segunda-feira (13) foi de 18.3ºC às 5h52 e a máxima de 32.3ºC às 15h37, com sensação térmica de 32.8ºC às 15h45. A umidade relativa do ar que esteve em 43% durante a tarde saltou para 98%.

“Aqui em Dourados tivemos três quedas de árvores em três pontos diferentes da cidade, mas sem nenhum dano”, disse o coordenador da Defesa Civil, Ademir Martins, ressaltando que também não foi registrado nenhum alagamento.

Caarapó

A cidade mais próxima de Dourados que sofreu com o vendaval foi Caarapó. Ventos de até 56 km/h e chuva de granizo causaram danos materiais na cidade e nas lavouras.

Segundo informações da prefeitura municipal, os principais estragos foram destelhamento de residências, danos na rede elétrica, e queda de árvores.

Veja também

Serão nove dias de celebrações a Nossa Senhora da Abadia envolvendo a comunidade e a história do santuário em Campo Grande

Últimas notícias