Em um dia e na véspera de feriadão, barreiras sanitárias de MS têm aumento de 30% no movimento

Em um intervalo de aproximadamente 24 horas, as 17 barreiras sanitárias montadas pelo Governo de Mato Grosso do Sul nas divisas com outros Estados, estradas locais e no Aeroporto Internacional de Campo Grande registraram um aumento de 30% no volume de pessoas abordadas, em comparação com os 10 dias em que a medida de enfrentamento […]
| 09/04/2020
- 17:26
Em um dia e na véspera de feriadão, barreiras sanitárias de MS têm aumento de 30% no movimento
Barreira sanitária em Três Lagoas, a segunda mais movimentada do Estado. (Foto: J.J. Caju/Sejusp/Divulgação) - Barreira sanitária em Três Lagoas, a segunda mais movimentada do Estado. (Foto: J.J. Caju/Se

Em um intervalo de aproximadamente 24 horas, as 17 barreiras sanitárias montadas pelo Governo de Mato Grosso do Sul nas divisas com outros Estados, estradas locais e no registraram um aumento de 30% no volume de pessoas abordadas, em comparação com os 10 dias em que a medida de enfrentamento ao coronavírus (Covid-19) foi adotada. Entre quarta-feira (8) e esta quinta (9), foram mais de 13 mil abordagens, considerando-se comparação de dados divulgados pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e ).

No intervalo de dez dias encerrado na quarta-feira, segundo a pasta, 44,6 mil pessoas foram abordadas nas unidades de fiscalização, em 22 mil meios de transportes –de aviões a veículos de tração animal. Nesta quinta, o número de pessoas abordadas subiu para mais de 58 mil

Com início do feriado prolongado, MS registra 58 mil pessoas abordadas nas barreiras, isto é, 13,4 mil pessoas a mais entre um dia e outro. A alta na circulação das pessoas coincide, também, com o início do feriado prolongado da Semana Santa –em Campo Grande, a quinta-feira é considerado ponto facultativo, antecedendo a Sexta-Feira da Paixão (10).

Apesar do feriado prolongado, a recomendação das autoridades de Saúde expedida desde o início da pandemia continue: pede-se que a população fique em casa e evite aglomerações, a fim de evitar a dissipação do vírus.

O número de veículos abordados também aumento na mesma proporção: de 22 mil até o dia anterior, foram 28,1 mil nesta quinta-feira, verificados nos postos terrestres e no aeroporto.

Pontos

O Posto Fiscal XV de Novembro, na BR-267, em Bataguassu (na divisa com São Paulo), segue como o local mais movimentado: entre quarta e quinta-feira, foram abordadas 12.123 pessoas, distribuídas em 6.282 meios de transportes. O dado anterior era de 9.261 pessoas em 5.127 meios de transporte.

No Posto Fiscal Jupiá, em Três Lagoas, foram 9.168 pessoas em 3.986 meios de transporte. No Ilha Grande, em Mundo Novo, 3.372 pessoas e 2.004 veículos; e em Anaurilândia, o posto Ofaié contabilizou 4.850 viajantes abordados em 2.673 meios de transporte.

A Base de Fiscalização Campo Bom, em Chapadão do Sul, registrou 5.997 pessoas abordadas em 2.730 meios de transporte. Selvíria teve 3.838 abordagens em 1.506 veículos. Em Corumbá, o Posto Esdras registrou 994 pessoas em 76 meios de transporte.

O Aeroporto Internacional de Campo Grande registrou 1.258 pessoas abordadas em 27 aeronaves. As demais unidades de fiscalização totalizam 16.565 pessoas abordadas em 8.832 meios de transporte. Com o Posto de Corumbá e as unidades da Ceasa e em Guia Lopes da Laguna, que têm apoio de servidores do Iagro, Mato Grosso do Sul conta com 17 barreiras.

O aumento na circulação vai contra expectativa da PMRv (Polícia Militar Rodoviária) que, ao iniciar a Operação Semana Santa 2020, previa redução no fluxo de veículos por conta da quarentena decretada para enfrentamento à Covid-19.

Até agora, 38 casos registrados nas abordagens foram tratados como suspeitos de coronavírus, com 26 pessoas com sintomas gripais orientadas a entrar em isolamento domiciliar por 14 dias ou buscarem uma unidade de saúde.

Os outros 17 casos suspeitos integravam o primeiro grupo de repatriados vindos da Bolívia, que passou por atendimento com infectologistas e teve as suspeitas descartadas. Não houve casos positivos de brasileiros que entraram no país por Corumbá –de quarta até esta sexta-feira (10), estava previsto o ingresso de mais de mil pessoas na região.

Veja também

O deputado federal Dagoberto Nogueira (PSDB) informou nas redes sociais em relação ao falecimento de...

Últimas notícias