Cotidiano

Detran-MS passa a permitir pagamento com cartão de débito de todos os bancos

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) passa a aceitar, a partir desta quinta-feira (27), cartões de débito de todos os bancos, incluindo os digitais, para pagamentos de guias e tributos. Antes, eram aceitos apenas dinheiro em espécie ou cartão do Banco do Brasil nas agências. O sistema permite que o […]

Danielle Errobidarte Publicado em 27/08/2020, às 11h41

Clientes não precisam mais sair das agências para sacarem dinheiro. (Foto: Divulgação/ Detran-MS)
Clientes não precisam mais sair das agências para sacarem dinheiro. (Foto: Divulgação/ Detran-MS) - Clientes não precisam mais sair das agências para sacarem dinheiro. (Foto: Divulgação/ Detran-MS)

O Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) passa a aceitar, a partir desta quinta-feira (27), cartões de débito de todos os bancos, incluindo os digitais, para pagamentos de guias e tributos. Antes, eram aceitos apenas dinheiro em espécie ou cartão do Banco do Brasil nas agências.

O sistema permite que o usuário pague as guias no momento do atendimento, no próprio guichê, sem que precise ir até uma agência bancária. A agência do órgão localizada no Shopping Campo Grande já utilizava o sistema e, segundo nota divulgada, tem diminuído o tempo de espera nos atendimentos presenciais.

Ainda segundo o órgão, o tempo de confirmação do pagamento da guia também mudou, de três horas para 10 minutos. Conforme o diretor presidente do Detran-MS, a fase de teste permite identificar possíveis falhas e o intuito é que outras agências do Estado possam receber essas outras formas de pagamento. “Nossa equipe está totalmente empenhada para a execução do serviço, corrigindo eventuais falhas para que essa facilidade passe a ser realizada em todas as agências do Estado”, disse Rudel Trindade.

Uma das primeiras a utilizar o serviço na manhã desta quinta-feira, a enfermeira Juliana Vasconcelos Leite afirmou que ter de sair da agência dificultava a conclusão do pagamento das guias. “Com certeza um avanço pela facilidade e rapidez, pois o fato de sair da agência para sacar dinheiro e retornar era ruim”, concluiu.

Jornal Midiamax