Cotidiano

Depois de quase 10 anos, praças públicas de Dourados terão internet gratuita

Desenvolvido em 2011, um programa digital da prefeitura de Dourados começa a ser implantado nos próximos dias. Batizado de “Cidade Digital”, o projeto consiste na implantação de uma rede de fibra ótica interligando instituições públicas, como UBS’s (Unidades Básicas de Saúde), Ceims’ (Centros de Educação Infantil) e escolas municipais, além de oferecer sinal de internet […]

Marcos Morandi Publicado em 17/09/2020, às 06h52

Praça Antonio João será a primeira beneficiada. (Foto: Eliel Oliveira)
Praça Antonio João será a primeira beneficiada. (Foto: Eliel Oliveira) - Praça Antonio João será a primeira beneficiada. (Foto: Eliel Oliveira)

Desenvolvido em 2011, um programa digital da prefeitura de Dourados começa a ser implantado nos próximos dias. Batizado de “Cidade Digital”, o projeto consiste na implantação de uma rede de fibra ótica interligando instituições públicas, como UBS’s (Unidades Básicas de Saúde), Ceims’ (Centros de Educação Infantil) e escolas municipais, além de oferecer sinal de internet gratuíto (W-Fi), em cinco praças públicas.

Em 2017, quando assumiu a gestão, a prefeita Délia Razuk enviou uma comissão técnica à Brasília para tratar do assunto com os engenheiros do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, com o objetivo de retomar o projeto, otimizando recursos e reformulando o projeto base.

A inciativa contribuirá com a redução das desigualdades sociais, a capacitação para o uso da tecnologia, além de ampliar os serviços da administração, facilitando aos cidadãos o uso dos serviços públicos.

“A Ordem de Serviço está programada para ser assinada ainda neste mês de setembro e a expectativa junto ao fornecedor é de que seja entregue ainda este ano”, explicou o Tecnologia da prefeitura, Rafael Koller.

Segundo nos próximos dias será iniciada a implantação de rede na Praça Antonio João, Praça do Parque Alvorada, Praça do Parque Alvorada, Praça do Jardim Canaã 1, Praça do Rego d’Água e Praça da Juventude (Parque das Nações I Plano).

Koller afirmou ainda que a rede com sinal W-Fi também deverá ser ampliada para outros pontos da cidade, incialmente na Vila Olimpica, localizada na aldeia indígena Bororó, no conjunto habitacional Dioclécio Artuzi e porteriomente na região do Joquei Clube.

Jornal Midiamax