Cotidiano

Com estoque baixo, Hemosul pede doações de sangue O positivo e negativo

O estoque de bolsas de sangue dos tipos O positivo e negativo está em nível de alerta no Hemosul, conforme anunciado na tarde de segunda-feira (6). Com isso, o hemocentro faz apelo a doadores, mesmo que de outros tipos sanguíneos. Vale destacar que devido a pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19, as doações estão […]

Ana Paula Chuva Publicado em 07/07/2020, às 07h33 - Atualizado às 08h24

(Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil)
(Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil) - (Foto: Marcelo Camargo | Agência Brasil)

O estoque de bolsas de sangue dos tipos O positivo e negativo está em nível de alerta no Hemosul, conforme anunciado na tarde de segunda-feira (6). Com isso, o hemocentro faz apelo a doadores, mesmo que de outros tipos sanguíneos.

Vale destacar que devido a pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19, as doações estão sendo agendadas via telefone, mas quem quiser pode ir direto a unidade. O Hemosul redobrou os cuidados com a higienização e delimitou espaçamento entre as cadeiras, além do uso de máscara ser obrigatório.

Para agendar a doação basta ligar em um dos telefones fixos (67) 3312-1516 / (67) 3312-1529 ou pelo número (67) 99298-6316, exclusivo para WhatsApp, ou seja, não recebe chamadas. No interior do Estado, o agendamento pode ser feito direto nos telefones fixos de cada unidade.

Em meio a pandemia do novo coronavírus, a instituição alerta que a demanda por sangue e plaquetas, nos hospitais públicos e privados do Estado continua, e que a participação frequente dos doadores voluntários é fundamental para manter os estoques e continuar salvando vidas.

Funcionamento

O Hemosul de Campo Grande fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa com a Rua Padre João Crippa e atende de segunda à sexta, das 7h às 17h. Aos sábados, o atendimento é das 7h às 12h.

Informações como horário de funcionamento e endereço das unidades do interior do Estado, bem como critérios para doar sangue, estão disponíveis no site do Hemosul.

Jornal Midiamax