Cotidiano

Com 765 infectados por dia, casos de coronavírus dobraram nos últimos 15 dias em MS

Na primeira quinzena de dezembro, MS registrou mais que o dobro de novos casos de coronavírus que no mesmo período de novembro.

Dândara Genelhú Publicado em 15/12/2020, às 16h22

Grupo é um dos com menor letalidade por coronavírus no Estado. (Foto: Leonardo de França, Midiamax)
Grupo é um dos com menor letalidade por coronavírus no Estado. (Foto: Leonardo de França, Midiamax) - Grupo é um dos com menor letalidade por coronavírus no Estado. (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Na primeira quinzena de dezembro, Mato Grosso do Sul registrou mais que o dobro de novos casos de coronavírus que no mesmo período de novembro. De acordo com o Boletim Epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde) foram 11.480 casos nos 15 últimos dias. Ou seja, cerca de 765 novos infectados por dia no Estado.

Já nos primeiros 15 dias de novembro foram registrados 5.317 casos. Assim, houve aumento de 215% dos novos casos de coronavírus na primeira quinzena de deste mês. Até esta terça-feira (15), MS possui 114.631 pessoas infectadas pelo vírus. 

Nos últimos 30 dias, ou seja, de 15 de dezembro até 15 de novembro, foram registrados 26.696 novos casos da doença. Isto é equivalente a um aumento de 30,3% de novas infecções pelo vírus.

O percentual é o maior dos últimos 90 dias. De outubro até novembro houve 15,7% de aumento nos novos casos. De setembro até outubro houve aumento de 26%. 

Pior semana da pandemia

Com a evolução da pandemia em Mato Grosso do Sul, o número de casos de Covid-19 confirmados na macrorregião de Campo Grande aumentou 57% nas últimas 10 semanas. Na última semana, de 6 a 12 de dezembro, foram 5.365 novos casos de coronavírus registrados.

De acordo com o levantamento publicado pelo Governo de MS, em 10 de outubro haviam 44.765 casos confirmados. Assim, o número total subiu 70.324 no último sábado (12).

Além disto, a macrorregião acumula cerca de 61% dos casos de todo o Estado. O número de óbitos causados pela doença chega a 1.949.

Leitos ocupados

Com o aumento de casos, o número de internações também subiu. Assim, a taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid chega a 100% no Estado.

Durante o período de queda de casos, alguns leitos foram desabilitados e, por isso, MS conta com 152 leitos a menos do que no primeiro pico da pandemia.

O boletim da SES informa que existem 217 leitos de UTI adulto e 9 leitos pediátricos para pacientes com coronavírus. O número é inferior ao registrado meses atrás. Contudo, a Secretaria afirma que MS teve 369 leitos de UTI Covid adulto durante o primeiro pico da pandemia de coronavírus.

De acordo com a SES, os leitos foram desabilitados no período de queda de confirmações de novos casos no Estado.

Jornal Midiamax