Cotidiano

Com 2,7 mil casos ‘enrolados’, número de infectados por coronavírus em MS pode ser ainda maior

Número de infectados pro coronavírus em MS não incluem 2.713 casos que estão enrolados nas secretarias municipais em todo o Estado, diz SES.

Dândara Genelhú Publicado em 13/06/2020, às 11h55 - Atualizado em 14/06/2020, às 11h14

Pandemia de covid-19 avança para momento mais crítico. (Foto: Rahel Patrasso/Reuters)
Pandemia de covid-19 avança para momento mais crítico. (Foto: Rahel Patrasso/Reuters) - Pandemia de covid-19 avança para momento mais crítico. (Foto: Rahel Patrasso/Reuters)

Com 3.235 doentes confirmados de coronavírus, o número de infectados em Mato Grosso do Sul pode ser ainda maior. Isto porque, segundo o secretário de Saúde, Geraldo Resende, existem 2.713 suspeitas sem encerramento em todo o Estado.

Durante transmissão ao vivo nas redes sociais do Governo do Estado, o secretário pediu aos secretários municipais de Saúde que encerrem os casos em aberto. “Estou pedindo aqui, a todos os secretários, para que a gente faça o encerramento dos casos em aberto”.

No atual epicentro de coronavírus do Estado, Dourados, existem 1.271 casos em aberto e Resende ressaltou que “é preciso encerrá-los”. Em Campo Grande, o secretário lembrou que os casos são encerrados diariamente, mas as coletas do dia anterior ainda precisam ser fechadas.

Por fim, Resende concluiu que “nós temos 2.713 casos em todo o estado para serem encerrados”. O secretário destacou a importância dos encerramentos e afirmou com os resultados o Estado poderá ter uma noção mais real do número de infectados por coronavírus em MS.

“Faço um apelo para todos os municípios do nosso Estado, para que a gente encerre esse número de casos e tragamos para o dia mais próximo um número real de casos aqui no Estado a cerca da Covid-19”, finalizou Resende.

Jornal Midiamax