Com 22 casos de coronavírus, cidade de MS estuda reabrir rodoviária na segunda-feira

Depois de dois meses interditado como forma de conter a circulação de pessoas de fora da cidade e, assim, impedir a circulação do novo coronavírus (Covid-19), o Terminal Rodoviário de Corumbá –a 419 km de Campo Grande– deverá ser reaberto na segunda-feira (1º) apenas para viagens intermunicipais e, ainda, com a possibilidade de somente dois […]
| 28/05/2020
- 21:15
Com 22 casos de coronavírus, cidade de MS estuda reabrir rodoviária na segunda-feira
Terminal rodoviário de Corumbá foi fechado em 21 de março. (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense) - Terminal rodoviário de Corumbá foi fechado em 21 de março. (Foto: Anderson Gallo/Diário Coru

Depois de dois meses interditado como forma de conter a circulação de pessoas de fora da cidade e, assim, impedir a circulação do novo coronavírus (Covid-19), o Terminal Rodoviário de –a 419 km de Campo Grande– deverá ser reaberto na segunda-feira (1º) apenas para viagens intermunicipais e, ainda, com a possibilidade de somente dois horários de saída e de chegada, de forma a desestimular o transporte clandestino. Corumbá registrou, até o momento, 22 casos de coronavírus.

Detalhes do funcionamento, conforme informações do Diário Corumbaense, ainda depende do cenário em relação à pandemia e das medidas de biossegurança a serem adotadas pela empresa que opera a principal rota que atende a cidade –Corumbá-Campo Grande. A intenção é frear o transporte irregular de passageiros, que aumentou na região diante da proibição do embarque e desembarque de passageiros no terminal.

A Fundação de de Corumbá promete cobrar obediência aos protocolos da OMS (Organização Mundial de Saúde), Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Saúde, que incluem desde higienização e prevenção a uma barreira sanitária, além da aferição de temperatura de passageiros para identificar cidadãos febris (sintoma da Covid-19) e exigência quanto ao uso de máscaras.

Os ônibus, por sua vez, só poderão operar com 50% da capacidade de passageiros, de forma a respeitar o distanciamento das pessoas por meio da intercalação de assentos. Apenas passageiros terão acesso –exceto idosos e portadores de necessidades especiais. O trânsito na parte dianteira da rodoviária será proibido, com acesso exclusivo pelas rampas.

Os protocolos de biossegurança a serem exigidos da rodoviária devem ser publicados até sexta-feira (29), permitindo a reabertura da rodoviária, por onde diariamente passavam cerca de 1,5 mil pessoas. A rodoviária foi fechada em 23 de março.

Veja também

Temperaturas máximas devem chegar a 32° C com aleta para a baixa umidade do ar

Últimas notícias