Cotidiano

Adolescente com febre e dor no estômago é resgatada por helicóptero no Pantanal

Uma adolescente de 14 anos foi socorrida no Pantanal, com apoio de um helicóptero, nesta terça-feira (1º) após apresentar febre e dor no estômago. Ela foi encaminhada para um hospital de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. A menina foi transportada pela Marinha do Brasil, por meio do Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), […]

Dayene Paz Publicado em 02/09/2020, às 09h00 - Atualizado às 14h08

Santa Casa de Corumbá | Foto: Marcio Carneiro | Divulgação
Santa Casa de Corumbá | Foto: Marcio Carneiro | Divulgação - Santa Casa de Corumbá | Foto: Marcio Carneiro | Divulgação

Uma adolescente de 14 anos foi socorrida no Pantanal, com apoio de um helicóptero, nesta terça-feira (1º) após apresentar febre e dor no estômago. Ela foi encaminhada para um hospital de Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande. A menina foi transportada pela Marinha do Brasil, por meio do Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), após solicitação de apoio do Corpo de Bombeiros que recebeu a chamada.

A jovem é moradora da região de Porto Sairú, a cerca de 92 qilômetros de Corumbá. A aeronave utilizada para o resgate pertence ao 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Oeste (EsqdHU-61), organização militar subordinada ao 6º DN.

Durante todo o trajeto, um médico do Hospital Naval de Ladário prestou atendimento à menor, conforme divulgou o Diário Corumbaense. Na chegada ao heliponto do EsqdHU-61, uma ambulância do Corpo de Bombeiros seguiu com a paciente para a Santa Casa de Corumbá.

A Marinha do Brasil esclarece que o resgate de vítimas, feito por meio de Evacuação Aero Médica (EVAM), empregando helicópteros do Com6ºDN, é uma ação de cooperação com o Corpo de Bombeiros e sua realização ocorre eventualmente em locais onde o acesso é difícil ou inviável via terrestre e em caso de comprovada emergência. O voo depende, ainda, de diversos fatores, como condições meteorológicas, período diurno, distância, entre outros.

Jornal Midiamax