Cotidiano

89% veem muito risco de contaminação no transporte público, aponta pesquisa

Em meio ao processo de flexibilização do isolamento social, pesquisa feita pela DataSenado aponta que 89% das pessoas ouvidas avaliam que há muito risco de contaminação pelo novo coronavírus no transporte coletivo urbano. O levantamento apontou ainda que 9 em cada 10 brasileiros sentem-se inseguros ao retornar às ruas após a quarentena. Realizada entre os […]

Danúbia Burema Publicado em 07/06/2020, às 17h02 - Atualizado em 08/06/2020, às 07h35

(Divulgação)
(Divulgação) - (Divulgação)

Em meio ao processo de flexibilização do isolamento social, pesquisa feita pela DataSenado aponta que 89% das pessoas ouvidas avaliam que há muito risco de contaminação pelo novo coronavírus no transporte coletivo urbano. O levantamento apontou ainda que 9 em cada 10 brasileiros sentem-se inseguros ao retornar às ruas após a quarentena.

Realizada entre os dias 27 e 29 de maio, a pesquisa ouviu por telefone 1,2 mil pessoas, em método de amostragem da população brasileira. O nível de confiança é de 95%. Esse foi o quarto levantamento realizado pelo Senado desde o início da pandemia.

Em relação aos transportes, somente 10% avaliou que há pouco risco nos coletivos. Nenhum risco foi a opção marcada por apenas 1% dos entrevistados. Outro 1% não soube responder aos questionamentos. Já sobre a ida em shoppings centers, 67% declararam estarem nada seguros.

O percentual foi semelhante sobre idas a bares e restaurantes, com 64% de desconfiança. Confira as demais resposta nos gráficos abaixo:

89% veem muito risco de contaminação no transporte público, aponta pesquisa89% veem muito risco de contaminação no transporte público, aponta pesquisa

Jornal Midiamax