Cotidiano

VÍDEO: UPA lotada volta a deixar pacientes revoltados em Campo Grande

Usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) aguardam atendimento em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) da Capital. Alguns relatam que estão esperando há mais de seis horas. Na UPA Vila Almeida, leitor do Jornal Midiamax, registra o momento em que a mãe de uma criança discute com uma funcionária da unidade. A mulher questiona o […]

Cleber Rabelo Publicado em 25/03/2019, às 15h03 - Atualizado às 21h15

Foto: (Leitor)
Foto: (Leitor) - Foto: (Leitor)

Usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) aguardam atendimento em UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) da Capital. Alguns relatam que estão esperando há mais de seis horas.

Na UPA Vila Almeida, leitor do Jornal Midiamax, registra o momento em que a mãe de uma criança discute com uma funcionária da unidade. A mulher questiona o grau de risco em que o filho foi classificado e afirma que o garoto já havia vomitado várias vezes.

O professor Randernelly da Costa Silva, está procurando atendimento para o filho de 7 anos, desde o período da manhã.

“Está um caos, só tem pediatra no Coronel Antonino e Vila Almeida. Aguardo o atendimento desde 10h30, já passei no UPA Universitário, depois na Manoel da Costa Lima, que é atendimento especializado e não fui atendido. Fui no UPA Leblon, lá está lotado e não tem pediatra. Agora estou esperando aqui no Vila Almeida”, reclama.

Por nota, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que a UPA Vila Almeida está atendendo com 11 médicos neste momento, sendo 6 clínicos e 5 pediatras. A equipe de enfermeiros e técnicos de enfermagem também está completa. Os pacientes são atendidos dentro do tempo protocolar, de acordo com a classificação de risco.

Ainda conforme a secretaria, os pacientes classificados como azul e verde são preteridos dos classificados como amarelo e vermelho. É importante lembrar que, os pacientes classificados com azul podem ser atendidos nas unidades básicas de saúde, em razão da pouca complexidade que os casos apresentam e as queixas relatadas.

Jornal Midiamax