Cotidiano

VÍDEO: Em UBS, atendimento é fechado antes da hora e pacientes ficam sem vacina

O atendimento na UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro Silvia Regina deve ser feito até às 17h, de acordo com o site da Prefeitura de Campo Grande, mas não foi o que aconteceu na tarde desta quinta-feira (2). Os servidores teriam distribuído senhas, e quem chegou a partir das 15h45 foi informado que não receberia […]

Ana Paula Chuva Publicado em 02/05/2019, às 16h49 - Atualizado em 03/05/2019, às 09h25

Foto: Evelin Cáceres
Foto: Evelin Cáceres - Foto: Evelin Cáceres

O atendimento na UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro Silvia Regina deve ser feito até às 17h, de acordo com o site da Prefeitura de Campo Grande, mas não foi o que aconteceu na tarde desta quinta-feira (2). Os servidores teriam distribuído senhas, e quem chegou a partir das 15h45 foi informado que não receberia a vacina por conta do horário.

Algumas mães foram até o local para imunizar os filhos contra gripe e foram informadas de que a prioridade para crianças já havia acabado. Três deles, trabalham fora e relataram se sentir humilhadas com a situação e com a informação incorreta, já que as crianças fazem parte do grupo de risco da campanha.

Além delas, outros pacientes do grupo de risco estavam na fila e foram informados que não poderiam mais receber a dose da vacina naquele momento.

Ainda segundo os relatos, não é a primeira vez que fazem isso na unidade. “Todo ano eles encerram o atendimento antes do horário. Eles estão dispensando gente desde às 15h45 hoje, dizendo que não tem mais senha”, disse um dos pacientes.

No vídeo uma das mães chega a dizer que foram  25 minutos entre um atendimento e outro para vacinar. Além de uma das servidoras informando para uma idosa, às 16h25, que se ela quisesse arriscar e esperar para ver se daria tempo, mas se não desse ela teria que esperar até o dia seguinte.

No site da Prefeitura, a informação sobre o horário de funcionamento da unidade é das 7h às 11h e das 13h às 17h, sendo atendidas pessoas que chegam até às 16h45.

Sesau

Em resposta ao Jornal Midiamax, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que houve a necessidade de encerramento mais cedo da distribuição de senhas aos pacientes para controle de fluxo, frente a grande procura. Os pacientes que não conseguiram receber a dose foram orientados a retornar no dia seguinte ou procurarem as unidades mais próximas.

A secretaria ressalta que desde o início da campanha as 68 unidades estão ofertando a vacina e os CRSs Tiradentes, Nova Bahia, Aero Rancho e Coophavilla estão abrindo aos fins de semana e feriado para atender a população. Neste sábado, Dia D, as 68 unidades básicas e o trailler na praça Ary Coelho estarão funcionando de 7h15 às 16h45, sem intervalo para almoço.

Veja vídeo.

*Matéria editada às 17h28 para acréscimo de informações.

Jornal Midiamax