Qualificação e casa própria: mais 24 famílias são beneficiadas no Bom Retiro

Mais 24 famílias do Residencial Bom Retiro receberam na tarde desta terça-feira (19) suas casas próprias, em entrega feita pelo prefeito Marquinhos Trad com o governador Reinaldo Azambuja. Removidas da favela Cidade de Deus, elas foram capacitadas para a construção civil e além da moradia aprenderam uma nova profissão. “Foi muito tempo esperando por isso […]
| 19/03/2019
- 23:07
Qualificação e casa própria: mais 24 famílias são beneficiadas no Bom Retiro

Mais 24 famílias do Residencial Bom Retiro receberam na tarde desta terça-feira (19) suas casas próprias, em entrega feita pelo prefeito com o governador Reinaldo Azambuja. Removidas da favela Cidade de Deus, elas foram capacitadas para a construção civil e além da moradia aprenderam uma nova profissão.

“Foi muito tempo esperando por isso e deu tudo certo. Agora é comemorar a casa nova”, disse animada a moradora Viviane Araújo, de 23 anos, após tomar posse da casa onde irá morar com a filha de três anos. A idade da menina é exatamente o tempo que Viviane viveu na antiga favela e praticamente o mesmo período que aguardou no Bom Retiro pela casa nova – que tem dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço totalizando 46,07m².

Ela e outras 135 famílias removidas do lixão e instaladas no Bom Retiro serão contempladas com imóveis construídos pelos próprios moradores após receberem cursos de pedreiro oferecidos pela Funsat (Fundação Social do Trabalho). Durante o curso, eles recebem bolsa-auxílio de R$ 954, cesta básica, almoço e vale-transporte.

“Estavam numa favela, num aglomerado de lonas e hoje através do próprio esforço deles, através de orientação construíram suas próprias casas e estão formados, todos eles qualificados, estão prontos para o mercado de trabalho”, comemorou o prefeito Marquinhos.

A compra dos materiais de construção é subsidiada pelo Governo do Estado. Foram R$4,9 milhões para garantir as 136 habitações no Bom Retiro e outras 192 distribuídas pelos bairros Jardim Canguru, José Teruel e Vespasiano Martins.

“É um projeto inovador que você qualifica uma mão-de-obra, faz uma parceria que o Estado repassa recursos financeiros para compra de material, dá oportunidade de uma formação profissional e o mutuário constrói sua própria casa. É um projeto em que todo mundo ganha”, declarou o governador Reinaldo Azambuja. Segundo ele, a experiência tem sido mostrada a nível nacional como um case de sucesso.

A entrega das 24 casas desta terça-feira foi a 2ª fase no Bom Retiro. Na primeira, em novembro de 2018, 15 famílias foram beneficiadas. Conforme a prefeitura, as entregas das 97 restantes serão feitas conforme o tempo e o ritmo da mão-de-obra dos moradores for permitindo o avanço e conclusão das obras.

Veja também

Um caminhão caçamba transportando com uma pá carregadeira

Últimas notícias