Cotidiano

Plantonista da Santa Casa é eleito presidente do Conselho Federal de Medicina

Sessão plenária realizada na última terça-feira (1°) em Brasília, elegeu o cirurgião-geral e plantonista do pronto-socorro da Santa Casa de Campo Grande, Dr. Mauro Luiz de Britto Ribeiro, para o cargo de presidente do CFM (Conselho Federal de Medicina). Britto entrou no hospital em julho de 1994, foi vice-diretor clínico de 2000 a 2001; diretor […]

Cleber Rabelo Publicado em 04/10/2019, às 16h53

Reprodução, Santa Casa
Reprodução, Santa Casa - Reprodução, Santa Casa

Sessão plenária realizada na última terça-feira (1°) em Brasília, elegeu o cirurgião-geral e plantonista do pronto-socorro da Santa Casa de Campo Grande, Dr. Mauro Luiz de Britto Ribeiro, para o cargo de presidente do CFM (Conselho Federal de Medicina).

Britto entrou no hospital em julho de 1994, foi vice-diretor clínico de 2000 a 2001; diretor clínico de 2002-2003; recebeu título de médico benemérito em 2007; foi chefe de serviço da cirurgia-geral e hoje atua como médico plantonista do pronto-socorro.

Durante a solenidade de sua posse, Dr. Mauro Ribeiro enfatizou a necessidade de união das entidades médicas e de todos os conselheiros (efetivos e suplentes) para o enfrentamento dos desafios. “A crise na medicina brasileira é tão grave, que neste momento, temos de nos despir de nossas vaidades, sentarmo-nos juntos e fazermos realmente algo que faça a diferença”, afirmou.

O novo presidente do CFM apresentou seus projetos, entre eles estão: a abertura indiscriminada de escolas médicas, a defesa do Revalida e a realização do exame de proficiência para os egressos dos cursos de medicina.

CFM

Criado em 1951, o Conselho Federal de Medicina possui atribuições constitucionais de fiscalização e normatização da prática médica. Atualmente, o CFM exerce um papel político muito importante na sociedade, atuando na defesa da saúde da população e dos interesses da classe médica.

Jornal Midiamax