Cotidiano

Pacientes reclamam de lentidão e de superlotação na UPA Leblon

Pacientes que procuraram atendimento médico na manhã desta quinta-feira (18) na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Leblon denunciam lentidão nos atendimento e superlotação na unidade. Conforme denúncias, apenas um médico dos três previstos para esta manhã estaria realizando atendimentos. “Meu marido está com pressão alta e chegou às 6h na UPA. Até às […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 18/04/2019, às 12h40

(Foto: Marcos Ermínio | Midiamax)
(Foto: Marcos Ermínio | Midiamax) - (Foto: Marcos Ermínio | Midiamax)

Pacientes que procuraram atendimento médico na manhã desta quinta-feira (18) na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Leblon denunciam lentidão nos atendimento e superlotação na unidade. Conforme denúncias, apenas um médico dos três previstos para esta manhã estaria realizando atendimentos.

“Meu marido está com pressão alta e chegou às 6h na UPA. Até às 9h ele ainda não tinha recebeido atendimento. Tinha só um médico trabalhando, e tudo muito devagar”, comentou Stephani Sá à reportagem.

Localizada no bairro Leblon, superlotação na unidade é uma reclamação frequente dos pacientes. Boa parte dos pacientes apresentavam sintomas de dengue, como dores no corpo, fraqueza, náuseas e vômitos – nestes casos, a recomendação da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) é procurar as UPA e CRS para atendimento emergencial.

A reportagem procurou a Sesau e questionou sobre anormalidade na UPA Leblon. A assessoria da pasta confirmou que há alta demanda na unidade. “Porém, três médicos atendem na unidade e já foram encaminhados mais três da equipe de apoio. Todos estão sendo atendidos dentro do tempo protocolar”, traz a nota.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

A sugestão de pauta foi enviada pelo WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax