Cotidiano

Novas moradias: 192 famílias terão casa própria em Campo Grande para 2020

Enquanto o déficit habitacional persiste, quase 200 famílias terão o sonho da casa própria realizado até 2020. Isso porque a Prefeitura Municipal anunciou a entrega de 192 moradias que estão em construção no Residencial Armando Tibana, no Bairro Paulo Coelho Machado. Atualmente, mais de 57 mil famílias estão inscritas em programas habitacionais em MS e […]

Mariane Chianezi Publicado em 26/03/2019, às 13h39 - Atualizado às 14h43

Foto: David Majella/PMCG
Foto: David Majella/PMCG - Foto: David Majella/PMCG

Enquanto o déficit habitacional persiste, quase 200 famílias terão o sonho da casa própria realizado até 2020. Isso porque a Prefeitura Municipal anunciou a entrega de 192 moradias que estão em construção no Residencial Armando Tibana, no Bairro Paulo Coelho Machado. Atualmente, mais de 57 mil famílias estão inscritas em programas habitacionais em MS e apenas 5,5 mil casas em construção. São cerca de 10 famílias concorrendo por habitação em construção.

Os 192 apartamentos serão divididos em 12 blocos e faz parte do programa Minha Casa Minha Vida e os trâmites são dirigidos pela Conssol (Sistema Integrado de Economia Solidária). Esta é a primeira vez que Campo Grande tem acesso ao programa e recursos do FDS (Fundo de Desenvolvimento Social).

Novas moradias: 192 famílias terão casa própria em Campo Grande para 2020
Foto: David Majella/PMCG

“Campo Grande ficou cinco anos sem investimento em habitação e hoje temos mais de 2 mil moradias em construção. Visitar essa obra e ver que está tudo correndo como planejado e previsto me deixa muito feliz, são mais famílias que poderão realizar seus sonhos”, disse Marquinhos Trad (PSD).

A área para construção foi avaliada em mais de R$ 2 milhões e doada pela prefeitura. Além disso, a a atual gestão vai investir quase R$ 300 mil reais na infraestrutura externa do residencial, com obras de asfalto, drenagem e esgoto.

A visita contou ainda com a presença de cerca de 60 alunos dos cursos de Arquitetura & Urbanismo e Engenharia Civil da Uniderp para acompanhar o andamento da obra. O contrato de posse das unidades habitacionais foi assinado em maio do ano passado e a previsão é que o residencial seja entregue até o final de abril de 2020.

Jornal Midiamax