Cotidiano

Na véspera do feriadão, oficinas lotam e motoristas têm dificuldade para fazer revisão

Com a maior parte das oficinas já fechadas nesta terça-feira (24), há ainda quem procure um mecânico para revisar o carro e fazer troca de óleo antes de pegar a estrada no feriadão do Natal e Ano Novo. E, em cima da hora, o custo para uma troca de óleo e nos freios pode chegar […]

Evelin Cáceres Publicado em 24/12/2019, às 11h07

Mecânico explica que é preciso ao menos verificar níveis de água e óleo no carro (Marcos Ermínio, Midiamax)
Mecânico explica que é preciso ao menos verificar níveis de água e óleo no carro (Marcos Ermínio, Midiamax) - Mecânico explica que é preciso ao menos verificar níveis de água e óleo no carro (Marcos Ermínio, Midiamax)

Com a maior parte das oficinas já fechadas nesta terça-feira (24), há ainda quem procure um mecânico para revisar o carro e fazer troca de óleo antes de pegar a estrada no feriadão do Natal e Ano Novo. E, em cima da hora, o custo para uma troca de óleo e nos freios pode chegar a R$ 450 em um carro básico.

Para o mecânico Edimilson Ferreira, um dos poucos que manteve a oficina aberta, o mais difícil é encontrar peças. “Estou com um radiador quebrado e não tem loja aberta para comprar a peça e trocar. A pessoa tem que entender que de última hora é mais difícil”, comenta.

No entanto, apesar de realizar um serviço mais simples, o mecânico conta que a procura maior é por troca de carburador. “É preciso fazer revisão com antecedência para pegara  estrada. Rodar um pouco na cidade, ver como o carro se comporta. Geralmente recebo carros também depois de uma viagem, o que pode significar uma revisão mal feita, de última hora”, explica.

“O importante é fazer uma revisão, trocar o óleo, verificar os níveis de água e óleo em casa. Só não pode sair e pegar a estrada sem dar uma olhada nesses itens”, avalia Edimilson.

As revisões ainda estão sendo feitas no local, apesar do movimento intenso. “A gente explica que vai fazer o melhor possível em duas horas na revisão, mas o ideal é procurar com antecedência mesmo”.

Jornal Midiamax