Cotidiano

Midiamax checou: Vídeo de cobra na avenida Mato Grosso não é em Campo Grande

Está viralizando nos grupos e páginas de Campo Grande nesta segunda-feira (3) o vídeo de uma cobra ‘sucuri’ enrolada em uma placa de trânsito em uma Avenida Mato Grosso, nome também de uma das vias de referência da Capital. Porém, o caso aconteceu a mais de mil quilômetros de Mato Grosso do Sul. No vídeo […]

Kamila Alcântara Publicado em 03/06/2019, às 11h12 - Atualizado em 04/06/2019, às 08h54

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

Está viralizando nos grupos e páginas de Campo Grande nesta segunda-feira (3) o vídeo de uma cobra ‘sucuri’ enrolada em uma placa de trânsito em uma Avenida Mato Grosso, nome também de uma das vias de referência da Capital. Porém, o caso aconteceu a mais de mil quilômetros de Mato Grosso do Sul.

No vídeo é possível ver em adesivos fixados atrás da placa que o DDD dos telefones de mototáxis é do estado do Mato Grosso. Em uma busca rápida, encontramos uma matéria de um site local, informando que o caso aconteceu na cidade de Lucas de Rio Verde.

Segundo a publicação, o registro inusitado foi feito no dia 13 de maio, por volta das 21h40, na Avenida Mato Grosso na entrada do Lago Ernani Machado, região cortada por matas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou a ser acionada para atender a solicitação, que capturou o animai e devolveu para o habitat natural.

E vale o registro: A doutora em Ecologia pela USP (Universidade de São Paulo) Juliana de Souza Terra entrou em contato com o Jornal Midiamax para esclarecer que a cobra não se trata de uma sucuri, mas sim de uma jiboia.

“É uma cobra arco-íris, do gênero Epicrates. Sucuris são do gênero Eunectes. Porém ambas são da mesma família, daí a semelhança e confusão”.

Confira o vídeo:

Jornal Midiamax