Mais uma vez: Sem remédios, Hospital Regional suspende quimioterapia

O HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul), está mais uma vez passando por problemas de falta de remédios, segundo relatos. O problema desta vez seria para o tratamento de quimioterapia, com a falta da medicação os pacientes em tratamento contra o câncer estariam sendo dispensados sem nenhuma explicação ou encaminhamento. Referência em Oncologia […]
| 18/03/2019
- 20:33
(Divulgação | HRMS)
HRMS informou recorde de internações de pacientes cardíacos neste ano. (Foto: Divulgação) - (Divulgação | HRMS)

O HRMS ( de Mato Grosso do Sul), está mais uma vez passando por problemas de falta de remédios, segundo relatos. O problema desta vez seria para o tratamento de , com a falta da medicação os pacientes em tratamento contra o câncer estariam sendo dispensados sem nenhuma explicação ou encaminhamento.

Referência em Oncologia no estado, o hospital vem passando por problemas desde falta de alimentação para funcionários e pacientes a escassez em insumos e medicamentos. Para os denunciantes a situação é inadmissível. “Os pacientes estão sendo mandados embora. Não estão recebendo sequer novos casos. Os que estão em remissão, processo de cura e recebem a quimioterapia para manutenção estão correndo risco de recair e adoecer novamente. Não tem outro hospital aqui, ele é a referência”, relataram.

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que o setor de oncologia passa por problemas, em janeiro deste ano os pacientes já teriam relatado que o tratamento de quimioterapia precisaria ser feito pela metade, já que o medicamento paclitaxel estaria em falta. 

Mas em abril de 2018, a família de um paciente já teria entrado em contato com o Jornal Midiamax informando problemas na realização de quimioterapia no hospital. 

Desta vez  apelo é para que haja além de soluções, respostas. “Não nos dizem nada. Apenas dispensam os pacientes, precisamos de respostas. Eles dizem que não adianta apelo emocional dizendo que vai morrer gente, com eles não funciona isso”, informou a fonte ouvida pelo Jornal.

Em resposta ao Jornal Midiamax, o HRMS informou que com o decreto algumas pendências do hospital estão sendo resolvidas de forma rápida, porém algumas exigem um período maior para resolução, diante disso informamos que houve um atraso pontual na entrega do medicamento em questão, porém a previsão e que o mesmo seja entregue em nossa instituição até sexta-feira (22).

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax.

A leitora enviou a sugestão ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Veja também

Chuva que antecede mudança drástica nas temperaturas chegou com ventos consideráveis e raios na noite...

Últimas notícias