Cotidiano

Já sacou o FGTS? Com descontos, comércio espera aumento de 5% nas vendas

O depósito das contas ativas e inativas do FGTS (Fundo de Garantias de Tempo e Serviços) e do PIS (Programa de Interação Social) aconteceu nesta sexta-feira (13) para muitos brasileiros, e já movimenta lojistas de Campo Grande. A maioria dos comerciantes acredita que o consumidor deve comprar, mas também estará atento a renegociação de dívidas. […]

Thierre Monaco Publicado em 14/09/2019, às 08h40 - Atualizado às 16h09

(Foto: Henrique Arakaki)
(Foto: Henrique Arakaki) - (Foto: Henrique Arakaki)

O depósito das contas ativas e inativas do FGTS (Fundo de Garantias de Tempo e Serviços) e do PIS (Programa de Interação Social) aconteceu nesta sexta-feira (13) para muitos brasileiros, e já movimenta lojistas de Campo Grande. A maioria dos comerciantes acredita que o consumidor deve comprar, mas também estará atento a renegociação de dívidas.

De acordo com o presidente da CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas), Adelaildo Vila, a expectativa é de um aumento de 5% nas vendas. Pesquisas do SPC Brasil diz que 70% das pessoas pretendem pagar contas atrasadas, 10% pretendem consumir e 20% não souberam responder.

Em Campo Grande não foi diferente. O Jornal Midiamax procurou os lojistas que concordaram com a pesquisa do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito). A expectativa em geral é boa, porém com uma recomendação: o consumidor deve gastar pouco nas suas compras por conta da renegociação de dívidas – oportunidade oferecida pela maioria dos bancos principalmente nessa época de saque do FGTS.

A gerente de vendas Sirlei Mariotti, que trabalha há 18 anos com cosméticos,  acredita no aumento do movimento mesmo com a renegociação de dívidas “A liberação do saque vai sair, e acreditamos que as pessoas devem renegociar suas dívidas e logo passam a comprar de novo. O brasileiro não fica sem consumir”, explica a gerente.

O centro de Campo Grande ficou movimentado nos últimos dias também pela comemoração da Semana do Brasil – programações diversas criadas pelo Governo Federal em comemoração ao dia da independência, entre elas um  programa que oferece promoção e movimenta a economia em todo o país. Na semana passada, a CDL lançou o Promocentro – iniciativa que possibilitou 50% de desconto aos consumidores da Capital.

Já sacou o FGTS? Com descontos, comércio espera aumento de 5% nas vendas
(Mylena Alves, gerente. Foto: Henrique Arakaki)

Mylena Alves, gerente de duas lojas de varejo, diz que a expectativa de compras é boa desde esse mês até o final do ano “Com esse novo programa do governo federal, nossas compras aumentaram bastante. Setembro era um mês parado”, explica a gerente.

A vendedora também acredita que esse aumento nas vendas deve se estender até dezembro – mês das festas de fim de ano “Agora vem o saque do FGTS, as pessoas vão continuar comprando. Logo já começam as festas de fim de ano, a expectativa é que o comércio continue cheio até o fim do ano”, explica Mylena.

A  assessoria de um Shopping da Capital acredita que o público vai conseguir aproveitar as compras também por conta das promoções da Semana da Pátria. Segundo o shopping, as pessoas já estavam se programando para comprar e com essa injeção de recursos do saque do FGTS, a possibilidade é que os lojistas atinjam as metas e  proporcionem ótimos resultados de vendas.

FGTS especial

Lojas do centro de Campo Grande já estão se preparando para a nova oportunidade de lucro com os saques do FGTS. No centro, duas de algumas lojas de móveis lançaram hoje uma Campanha com promoção de vendas de utensílios com as iniciais do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço.

Fogões, Geladeiras, TVs e Smatphones: produtos com as iniciais do FGTS, tem descontos especiais ao consumidor. “Esperamos um público maior, é claro. Também temos produtos com desconto de até 500 reais, que é o valor mínimo do saque de FGTS”, lembra Anderson Ambrósio, gerente de uma das lojas de utensílios domésticos, localizada na rua 14 de julho.

Cronograma de pagamentos

A expectativa é que os consumidores paguem duas dívidas, porém continuem aquecendo a economia. O cronograma  levará em conta o mês de aniversário dos trabalhadores. Os nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril poderão sacar os recursos nesta sexta-feira. Quem aniversaria em maio, junho, julho e agosto, poderá sacar até R$ 500 a partir de 27 de setembro.

Já sacou o FGTS? Com descontos, comércio espera aumento de 5% nas vendas
(Lojas já se preparam para receber o consumidor, foto: Henrique Arakaki)
Jornal Midiamax