Cotidiano

Idosos e grupos prioritários já podem se vacinar contra gripe

A partir desta segunda-feira (22), a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza passa a imunizar os demais grupos prioritários. Na primeira fase, que correu do último dia 10 até o domingo (21), apenas gestantes e crianças até 5 anos, 11 meses e 29 dias recebiam a vacina. A partir de agora, portanto, já […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 22/04/2019, às 10h31 - Atualizado às 10h57

(Foto ilustrativa | Prefeitura de Campo Verde | Reprodução)
(Foto ilustrativa | Prefeitura de Campo Verde | Reprodução) - (Foto ilustrativa | Prefeitura de Campo Verde | Reprodução)

A partir desta segunda-feira (22), a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza passa a imunizar os demais grupos prioritários. Na primeira fase, que correu do último dia 10 até o domingo (21), apenas gestantes e crianças até 5 anos, 11 meses e 29 dias recebiam a vacina.

A partir de agora, portanto, já podem procurar a vacina idosos, puérperas (mulheres que deram à luz até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade que estão sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional também receberão a imunização.

Números

Na primeira fase da campanha em Mato Grosso do Sul, foram vacinadas 18.565 pessoas – cerca de 2,92% da população-alvo, conforme dados do DataSUS. Na Capital, 2.790 receberam a imunização.

O objetivo da campanha é vacinar ao menos 90% do público-alvo, ou seja, cerca de 795 mil pessoas. A campanha se estende até o dia 31 de maio e terá no próximo dia 4 o “Dia de Mobilização Nacional – Dia D”.

De acordo com a SES (Secretaria de Estado de Educação), em 2018 a cobertura vacinal atingiu 92,68% do público alvo – 573.562 pessoas. O número superou a média nacional, que proporcionou imunização de 90,87% desta população.

Onde se vacinar

Em Campo Grande, a imunização está disponível nas 78 UBS (Unidades Básicas de Saúde) e UBSF (Unidades Básicas de Saúde da Família). De acordo com a Sesau, a pasta organiza estratégia para intensificar a imunização contra a gripe durante os fins de semana, somente nos CRS (Centros Regionais de Saúde), como ocorreu durante o feriadão.

Entre os dias 29 de abril e 5 de maio, a Sesau manterá o “trailer de imunização” na Praça Ary Coelho, durante o horário comercial. Vale lembrar que para receber a imunização, é preciso portar o Cartão Nacional de Saúde (Carteirinha do SUS), cédula de identificação e algum documento que comprove o grupo prioritário.

Jornal Midiamax