Cotidiano

Fechou o tempo: o que irrita no trânsito de Campo Grande com chuva?

Não ligar a seta, invadir a faixa, não respeitar o semáforo e molhar os pedestres e motociclistas, estão no topo das infrações que mais irritam os campo-grandenses, quando o assunto é estresse no trânsito durante a chuva. As ‘barbeiragens’, são apresentadas por alguns, como justificativa para a confusão que a neblina e a chuva provocam […]

Cleber Rabelo Publicado em 06/04/2019, às 08h44 - Atualizado às 18h59

Foto: (Gabriel Torres)
Foto: (Gabriel Torres) - Foto: (Gabriel Torres)

Não ligar a seta, invadir a faixa, não respeitar o semáforo e molhar os pedestres e motociclistas, estão no topo das infrações que mais irritam os campo-grandenses, quando o assunto é estresse no trânsito durante a chuva.

As ‘barbeiragens’, são apresentadas por alguns, como justificativa para a confusão que a neblina e a chuva provocam no trânsito. Já o funcionário público Plínio Alessi, acredita que o problema possa estar relacionado com a formação desses condutores imprudentes.

Fechou o tempo: o que irrita no trânsito de Campo Grande com chuva?
Funcionário público relata que, durante a chuva, alguns motoristas não obedecem as leis de trânsito. (Foto: Gabriel Torres)

“Na chuva eles não dão seta, fazem a conversão sem sinalizar, aí não sei se o problema está na formação, se eles não aprenderam isso e o pior, eles não respeitam quem liga a seta”, reclama.

Segundo informou o Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito), em 2018, foram registrados mais de 10 mil acidentes e 20% das ocorrências aconteceram em condições ruins de tempo. Para o advogado Osvaldo Marques, o mais irritante é ver outros motoristas molhando os pedestres de propósito. “Não respeitam, jogam água de propósito e parecem querer ver a desgraça do pedestre que está na chuva. Outra coisa que me irrita é que não respeitam a sinalização”, diz.

A professora aposentada Maria das Graças, confirma o depoimento do advogado. Ela é pedestre e informou que quando chove, de fato, alguns motoristas aparentam passar perto para jogar água de propósito. “Geralmente eles jogam água e muitas vezes é de propósito, pois há espaço, mas parece que eles dão um jeito de passar bem pertinho. Os motoristas são agressivos, não só em dias de chuva e não respeitam o pedestre”.

Fechou o tempo: o que irrita no trânsito de Campo Grande com chuva?
“Alguns passam bem pertinho e jogam água de propósito”, reclama a professora Maria das Graças. (Foto: Gabriel Torres)

Regras básicas de segurança

Com o início do outono, o Detran-MS, alerta a população para cuidados redobrados durante os períodos de chuva. Conforme o departamento, a tendência nesta estação é de que a incidência de neblina aumente, como consequência, a visibilidade no trânsito acaba comprometida.

O chefe da escola pública de trânsito, Marcos Alexandre Brandão, ressalta que manter uma distância segura do veículo que está à frente, é uma regra simples e que pode evitar acidentes. Outra orientação do Detran-MS, é verificar as condições do carro, desde os pneus, faróis, lanternas, palhetas do limpador e demais itens.

“A verificação desses itens contribui para uma condição mais segura”, destacou Brandão, sobre medidas de segurança no trânsito, principalmente em período de chuvas.

Jornal Midiamax