Cotidiano

Família de jovem com leucemia realiza bingo para custear transplante

Diagnosticada com leucemia aguda, Myllena Alves Cochev de 21 anos, precisa de ajuda para realizar o transplante. Ela que é mãe de duas crianças – Henry Gabriel (2 anos) e Anny Gabrielly (1 ano) – o procedimento será realizado em Jaú, interior de São Paulo e para ajudar nos custos, a família da jovem está […]

Ana Paula Chuva Publicado em 11/04/2019, às 14h16 - Atualizado às 14h29

Foto: WhatsApp
Foto: WhatsApp - Foto: WhatsApp

Diagnosticada com leucemia aguda, Myllena Alves Cochev de 21 anos, precisa de ajuda para realizar o transplante. Ela que é mãe de duas crianças – Henry Gabriel (2 anos) e Anny Gabrielly (1 ano) – o procedimento será realizado em Jaú, interior de São Paulo e para ajudar nos custos, a família da jovem está organizando um bingo que será realizado no dia 04 de maio. O valor da cartela é de R$ 20, e entre os prêmios estão televisão, ventilador, batedeira.

Em março, a mãe da garota, Aparecida de Fátima Cochev, contou ao Jornal Midiamax que ela foi diagnosticada em janeiro com leucemia crônica e no dia quatro de março os exames mostraram que o quadro teria evoluído para leucemia aguda, forma mais grave da doença.

Família de jovem com leucemia realiza bingo para custear transplante
Foto: WhatsApp

Além do tratamento de quimioterapia, Myllena precisou de transfusão de sangue com plaquetas e estava internada na Clínica Campo Grande. Atualmente a jovem mãe está em casa, mas vai ao hospital todos os dias para o tratamento .

A época ela contou, que após a estabilização do quadro de saúde, elas precisariam ir para Jau, interior de São Paulo, para realizar o transplante de medula. Onde precisará ficar por 6 meses.

Aparecida explica que o quadro da filha ainda é frágil, mas os filhos dão um sopro de esperança na luta. “Ela é uma guerreira, nessa foto fazia um mês que ela não via as crianças, fizemos uma surpresa no hospital e isso deu um sopro de esperança para ela continuar”.

A viagem para o transplante deve ocorrer no final de maio, começo de junho. Segundo Aparecida, depende de como estará a saúde de Myllena até lá. “Ela precisa estar com as plaquetas normais e o quadro clinico estável. Se tudo der certo na quimioterapia. Final de maio ou começo de junho viajamos para Jaú”, contou.

Quem deseja ajudar Myllena e sua família pode entrar em contato nos telefones: (67) 99249 9538 Cida ou 99915 8031 Gilberto, para comprar a cartela. Em caso de doação, pode ser feita diretamente na Caixa Econômica, agência 1568, conta poupança 00002689-5, operação 013.

Jornal Midiamax