Depois de sujeira no Carnaval, bloco independente pede desculpas e ajuda na limpeza

Um bloco rua independente de Dourados, a 225 km da Capital, deu um bom exemplo ao ajudar na limpeza após o Carnaval. Os foliões deixaram a praça Antônio João tomada pelo lixo, mas o bloco ‘Balanga Teta’ mobilizou grupos para a limpeza do local. A limpeza aconteceu após a repercussão nas redes sociais sobre a […]
| 07/03/2019
- 16:15
Depois de sujeira no Carnaval, bloco independente pede desculpas e ajuda na limpeza

Um bloco rua independente de Dourados, a 225 km da Capital, deu um bom exemplo ao ajudar na limpeza após o Carnaval. Os foliões deixaram a praça Antônio João tomada pelo lixo, mas o bloco ‘Balanga Teta’ mobilizou grupos para a limpeza do local.

Depois de sujeira no Carnaval, bloco independente pede desculpas e ajuda na limpeza
Imagem foi divulgada nas redes sociais do bloco. (Foto: Reprodução/Instagram)

A limpeza aconteceu após a repercussão nas redes sociais sobre a sujeira da praça. Os moradores reclamaram da quantidade de resíduos deixados pelos foliões e citaram falta de educação e desrespeito com o espaço público.

Segundo o jornal local Dourados News, não houve notificação aos órgãos públicos municipais e de segurança para a realização do evento, que foi todo organizado via redes sociais. Depois da polêmica, o perfil do bloco divulgou nota e pediu desculpas pela sujeira. Segundo o bloco, desde que a comemoração começou a ser organizada, os foliões foram alertados a fazer a limpeza do local.

Em nota, o bloco criticou a falta de eventos culturais na cidade. “Nossa cidade carece de eventos como este. No evento estavam presentes estudantes, pais, mães, crianças, todos os tipos de pessoas, pois era um evento aberto ao público como o carnaval tem de ser. Carnaval é um evento de nível nacional comemorado em vária cidades de todo o Brasil e assim como outras festividades, a cidade de Dourados não proporciona nada aos seus moradores”, reclama.

Veja também

Tutora do Batata, da raça "gato-de-bengala", procura pelo animal que desapareceu nas mediações da Rua...

Últimas notícias