Cruz Vermelha atendeu 21 adolescentes em coma alcoólico durante Carnaval na Capital

Durante o período de carnaval e enterro dos ossos, a CVBMS (Cruz Vermelha Brasileira de Mato Grosso do Sul) participou de 84 atendimentos de primeiros socorros; cadastrou 788 crianças na ‘Campanha Criança Segura’ e distribuiu mais de 3,5 mil adesivos da ‘Campanha Não é Não’. Conforme balanço divulgado pela instituição, mais da metade dos atendimentos […]
| 10/03/2019
- 20:47
Cruz Vermelha atendeu 21 adolescentes em coma alcoólico durante Carnaval na Capital

Durante o período de carnaval e enterro dos ossos, a CVBMS (Cruz Vermelha Brasileira de Mato Grosso do Sul) participou de 84 atendimentos de primeiros socorros; cadastrou 788 crianças na ‘Campanha Criança Segura’ e distribuiu mais de 3,5 mil adesivos da ‘Campanha Não é Não’.

Conforme balanço divulgado pela instituição, mais da metade dos atendimentos prestados envolvia adolescentes. Foram 43 ocorrências com menores, com 15 registros de embriaguez, 21 de coma alcoólico, 3 desmaios, entre outros. Em relação aos atendimentos do público adulto, a equipe constatou 1 coma alcoólico e 14 casos de embriaguez. Fraturas, desmaios, falta de ar e outros, completaram os 41 casos restantes.

Conforme a Cruz Vermelha, as duas campanhas apresentadas foram bem recebidas pelo público e a instituição pretende, no próximo ano, observar os foliões com a ajuda de um drone e uma sala de monitoramento.

Veja também

As preocupações com a desaceleração da economia chinesa e os receios de recessão nos Estados...

Últimas notícias