Cotidiano

Criança sofre corte no pescoço com linha chilena no interior de MS

Por pouco, uma criança não teve o pescoço cortado enquanto passeava pelo bairro onde mora em Bataguassu, a 335 km de Campo Grande. A criança estava andando de bicicleta e acabou sendo atingida por uma linha chilena, utilizada para soltar pipa. De acordo com o site Da Hora Bataguassu, o caso aconteceu no bairro Jardim […]

Mylena Rocha Publicado em 02/08/2019, às 08h01 - Atualizado às 18h16

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Por pouco, uma criança não teve o pescoço cortado enquanto passeava pelo bairro onde mora em Bataguassu, a 335 km de Campo Grande. A criança estava andando de bicicleta e acabou sendo atingida por uma linha chilena, utilizada para soltar pipa.

De acordo com o site Da Hora Bataguassu, o caso aconteceu no bairro Jardim Santa Rosa, quando a criança foi atingida pela linha e sofreu um corte no pescoço. O garoto foi encaminhado para o pronto-socorro e recebeu atendimento médico.

A Polícia Militar ainda informou ao Da Hora Bataguassu que as fiscalizações foram intensificadas para apurar e flagrar infratores que utilizam a linha chilena ou linha com cerol. A linha chilena é mais resistente e tem sido usada para substituir o cerol caseiro.

Conforme a PM, quem espontaneamente entregar as linhas com cerol ou chilena, não será responsabilizado. Já quem for flagrado utilizando as perigosas linhas para soltar pipa, terá que responder criminalmente.

Jornal Midiamax