Apesar da família de Ary Soares, de 67 anos, já ter entrado na Justiça para conseguir a transferência do idoso que está em UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida para um hospital, o paciente segue esperando há 7 dias para conseguir vaga.

Conforme a família, o quadro de saúde do idoso está se agravando a cada dia que passa. Quando o idoso deu entrada na unidade, ele foi diagnosticado com cirrose e Hepatite C, mas conforme os dias foram se passando, Ary também começou a apresentar insuficiência renal aguda.

Os pés e barriga do paciente estão extremamente inchados e a família está se desesperando, inclusive, pelo fato de estar arcando com o próprio dinheiro para conseguir os medicamentos necessários do tratamento do idoso.

“Aqui não tem os medicamentos necessários e estou tendo que comprar medicamentos, pois aqui não tem. Cada ampola no valor de R$ 70 cada e ele precisa de duas por dia”, contou o filho do paciente.

A transferência de Ary foi judicializada, mas a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que o processo está em regulação e que e que nas próximas horas o idoso será levado a um hospital.