Após relatos, Ministério Público apura existência vídeos infantis com a boneca Momo nas redes

O MP-BA (Ministério Público Estadual da Bahia) instaurou procedimento para apurar eventual disponibilização de vídeos com a ‘Boneca Momo’ em plataformas de vídeos voltadas para crianças, como o Youtube Kids. A investigação está a cargo do Nucciber (Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos), que já enviou notificações ao Google e ao WhatsApp, por meio das […]
| 19/03/2019
- 16:05
Após relatos, Ministério Público apura existência vídeos infantis com a boneca Momo nas redes

O MP-BA (Ministério Público Estadual da Bahia) instaurou procedimento para apurar eventual disponibilização de vídeos com a ‘’ em plataformas de vídeos voltadas para crianças, como o Youtube Kids.

A investigação está a cargo do Nucciber (Núcleo de Combate a Crimes Cibernéticos), que já enviou notificações ao Google e ao WhatsApp, por meio das empresas sediadas no Brasil, para remoção do conteúdo.

O fenômeno da Boneca Momo, que aterroriza não só crianças, mas, também, os pais, já foi tema de reportagem do Jornal Midiamax em agosto, quando era disseminada em correntes no WhatsApp, com um desafio parecido com o da Baleia Azul.

A Boneca Momo é uma figura medonha, de olhos esbugalhados e parecida com uma mulher pássaro. Na corrente, alguém se passa pelo personagem e lança um jogo com desafios perigosos, como o sufocamento e enforcamento.

Agora, a personagem medonha retornou e tem causado pânico entre os pais – especialistas defendem tanto a mediação de responsáveis quanto ao conteúdo acessado por crianças e jovens na internet, como tratar os jogos perigosos como uma política de prevenção à saúde.

Veja também

Vídeo que circula nas redes sociais mostra um ônibus do Consórcio Guaicurus, linha 302- Caiobá...

Últimas notícias