Alunos da rede estadual podem ter educação financeira no currículo escolar

Alunos da Rede Estadual de Ensino poderão ter aulas de educação financeira no currículo escolar. A inclusão é tema de projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa na sessão desta quinta-feira (13). As instituições de ensino, conforme a proposição, deverão contemplar os princípios de planejamento, gerenciamento, avaliação e controle de economia pessoal e familiar. Autor […]
| 13/03/2019
- 17:07
Alunos da rede estadual podem ter educação financeira no currículo escolar

Alunos da poderão ter aulas de educação financeira no currículo escolar. A inclusão é tema de projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa na sessão desta quinta-feira (13).

As instituições de ensino, conforme a proposição, deverão contemplar os princípios de planejamento, gerenciamento, avaliação e controle de economia pessoal e familiar.

Autor do projeto, deputado Marçal Filho (PSDB) explicou na tribuna da Casa de Leis que a educação financeira nas escolas visa ensinar os alunos a fazer uso inteligente do dinheiro e dos recursos, evitando desperdícios e valorizando o consumo com base em critérios racionais.

Marçal justifica que, em 2017, mais de 62 milhões de consumidores brasileiros estavam inadimplentes.

“São dados assustadores, pois esse número representa 41% da população adulta do País. Portanto, é urgente a necessidade de se oferecer uma Educação Financeira nas escolas”, afirmou.

Veja também

Há previsão de uma intensa frente fria com queda das temperaturas em praticamente todo o MS

Últimas notícias