VÍDEO: rajadas de vento destroem estrutura de pedágio na BR-163

Parte da estrutura de um pedágio ficou destruída devido aos fortes ventos na tarde desta sexta-feira (24) na BR-163 entre Caarapó e Dourados. De acordo com a estação meteorológica da Embrapa, as rajadas de vento chegaram a 36km/h. A chuva com fortes ventos e queda de graniza anuncia a chegada de uma frente fria em […]
| 25/08/2018
- 02:08
VÍDEO: rajadas de vento destroem estrutura de pedágio na BR-163

Parte da estrutura de um pedágio ficou destruída devido aos fortes ventos na tarde desta sexta-feira (24) na BR-163 entre Caarapó e Dourados. De acordo com a estação meteorológica da Embrapa, as rajadas de vento chegaram a 36km/h.

A chuva com fortes ventos e queda de graniza anuncia a chegada de uma em Mato Grosso do Sul. A chuva já chegou a Campo Grande na noite desta sexta.

O INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) publicou aviso de chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia com ventos intensos entre 60 e100 Km/h, e queda de granizo. Risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

Conforme o Inmet, o alerta é para as cidades de Amambai, Anastácio, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Campo Grande, Caracol, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Deodápolis, Dois Irmãos Do Buriti, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima Do Sul, Glória De Dourados, Guia Lopes Da Laguna, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jaraguari, Jardim, Jateí, Juti, Ladário, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada Do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte Do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas Do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde De Mato Grosso, Rochedo, Santa Rita Do Pardo, Sete Quedas, Sidrolândia, São Gabriel Do Oeste , Tacuru, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas e Vicentina.

O Instituto Nacional de Meteorologia orienta a população que em caso de rajadas de vento não deve ficar embaixo debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda). Se possível, conforme o Inmet, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia. Vídeo.

Veja também

Há cargos para diferentes áreas e níveis de escolaridade

Últimas notícias