Cotidiano

VÍDEO: Leitora denuncia falta de pediatras em UPA; Sesau fala em remanejamento

Um pediatra estaria atendendo nesta tarde

Raiane Carneiro Publicado em 16/03/2018, às 18h57

None

Um pediatra estaria atendendo nesta tarde

Quem procurou por atendimento pediátrico na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino nesta sexta-feira (16) enfrentou a demora da consulta. Na unidade, segundo uma leitora, havia apenas um profissional no período da manhã e a direção da unidade informou os demais pais que à tarde não haveria pediatras. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que houve um remanejamento no quadro de médicos, mas que havia pediatras atendendo.

Ao Jornal Midiamax, a leitora relatou ter apenas um pediatra atendendo na unidade durante a manhã, o que levou a uma demora no atendimento. O saguão da unidade cheio foi registrado por ela. Já no período da tarde, funcionários da UPA teriam informado que não haveria atendimento desta especialidade, mesmo com a tabela divulgada pela Sesau indicando que seriam cinco pediatras pela manhã, dois pela tarde e cinco pela noite.VÍDEO: Leitora denuncia falta de pediatras em UPA; Sesau fala em remanejamento

A secretaria do município informou que a escala médica é a previsão dos profissionais escalados para os atendimentos na unidade e que nesta sexta-feira, quatro dos cinco previstos atenderam e um apresentou atestado.

Em relação ao período da tarde, a Sesau respondeu que “a escala previa 5 médicos e a quantidade se manteve para atendimento, porém com uma alteração: são 4 clínicos e 1 pediatra, e não 3 clínicos e 2 pediatras”, explicando que o remanejamento de médicos foi necessário para cobrir a demanda de atendimentos clínicos.

A secretaria ressaltou ainda que o pediatra “está atendendo as crianças que necessitam de acompanhamento intensivo na urgência e na ala amarela, inclusive os pacientes em estado grave de saúde” e que os atendimentos na UPAs e CRSs (Centros Regionais de Saúde) se dão conforme a gravidade e não por ordem de chegada, o que pode levar os casos menos graves a esperar por mais tempo por atendimento. 

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Confira o vídeo que mostra o número de pessoas aguardando por atendimento: 

Jornal Midiamax