Cotidiano

VÍDEO: Incêndio de grande proporção atinge terreno vizinho a hospitais em Campo Grande

Um incêndio atingiu terreno baldio vizinho aos hospitais Proncor e Santa Marina no bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande. O incêndio começou na  manhã desta quarta-feira (18) e contou com o trabalho de funcionários do hospital, que jogaram água no local na tentativa de apagar o fogo.

Mylena Rocha Publicado em 18/07/2018, às 12h54 - Atualizado às 19h17

O incêndio teve fogo alto e o cheiro forte de fumaça incomodou pacientes de hospitais próximos, principalmente o Proncor. (Foto: Henrique Kawaminami)
O incêndio teve fogo alto e o cheiro forte de fumaça incomodou pacientes de hospitais próximos, principalmente o Proncor. (Foto: Henrique Kawaminami) - O incêndio teve fogo alto e o cheiro forte de fumaça incomodou pacientes de hospitais próximos, principalmente o Proncor. (Foto: Henrique Kawaminami)

Um incêndio atingiu terreno baldio vizinho aos hospitais Proncor e Santa Marina no bairro Chácara Cachoeira, em Campo Grande. O incêndio começou na  manhã desta quarta-feira (18) e contou com o trabalho de funcionários do hospital, que jogaram água no local na tentativa de apagar o fogo.

Não há precisão sobre o tamanho da área atingida, mas é considerado um incêndio de grandes proporções por se tratar de um terreno na área urbana, segundo o Corpo de Bombeiros. Testemunhas no local informaram que chamaram os Bombeiros assim que o fogo começou e por mais três vezes, mas o incêndio havia se dissipado no momento da chegada da equipe.

“Foi um fogo muito alto, vimos animais saindo de dentro do mato, acredito que eram preás. A fumaça atingiu o hospital e o cheiro foi muito forte”, contou o funcionário de um dos hospitais. O incêndio aconteceu na avenida Jamile Abss Duarte e atingiu, principalmente, a área mais próxima ao Proncor.

Segundo o Corpo de Bombeiros, só neste mês as equipes atenderam 237 ocorrências de fogo em vegetação. Os moradores acreditam que o fogo tenha começado com uma bituca de cigarro, já que motoristas passam pelo local e a vegetação já estava muito seca.

Os bombeiros explicam que a principal causa de incêndio se dá por motivo intencional, quando a pessoa quer usar o fogo como forma de ‘limpar’ o terreno. Em 2018, foram registradas 2.201 ocorrências de incêndio, contra 1.437 no ano passado.

Jornal Midiamax