Cotidiano

Usuário do transporte coletivo reclama de veículos ‘velhos e sujos’ na linha 073

Diariamente, às 7h15, o porteiro Marcos Roberto da Silva pega a linha 073 (Nova Bahia/Júlio de Castilho) da viação Campo Grande para ir ao trabalho. De acordo com o porteiro, de segunda a sexta-feira, o serviço prestado pelo transporte coletivo ‘até justifica’, os R$ 3,70 da passagem. Mas aos finais de semana, conforme Silva, o […]

Cleber Rabelo Publicado em 16/10/2018, às 17h09

Foto: Marcos Ermínio
Foto: Marcos Ermínio - Foto: Marcos Ermínio

Diariamente, às 7h15, o porteiro Marcos Roberto da Silva pega a linha 073 (Nova Bahia/Júlio de Castilho) da viação Campo Grande para ir ao trabalho. De acordo com o porteiro, de segunda a sexta-feira, o serviço prestado pelo transporte coletivo ‘até justifica’, os R$ 3,70 da passagem. Mas aos finais de semana, conforme Silva, o descaso é total.

Conforme o porteiro, aos feriados e finais de semana a viação troca os ônibus que rodam nos dias úteis, por veículos menores devido à baixa procura. “Fiquei sabendo que eles trocam o ônibus porque não enche, acho isso um absurdo e me sinto lesado em ter de pagar o mesmo valor da passagem, se o serviço oferecido não vale esse valor”, relata o porteiro. Ainda conforme Silva, o problema é que esses ônibus menores não ventilam e o calor predomina.

O porteiro ressalta que já procurou informações com encarregados da empresa de transporte e as solicitações são ignoradas. “Eu sou usuário do transporte coletivo e tenho o direito de reclamar. Onde estão os 20 novos ônibus que a prefeitura prometeu colocar em circulação? Fiquei sabendo que tem quatro veículos estacionados na garagem da Viação Campo Grande, porque estamos passando esse calorão, dentro de veículos velhos e sujos?

Em resposta, a assessoria da prefeitura informou que os novos ônibus devem começar a circular a partir de quinta-feira (18).

Jornal Midiamax