Cotidiano

Setembro será mês de campanha por inclusão e direitos das pessoas com deficiência

21 de setembro é celebrado como Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Para marcar a data, durante todo o mês, será realizado, em Campo Grande, o “Setembro Inclusivo”, pela Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos e da Coordenadoria de Apoio à Pessoa com Deficiência da Prefeitura da Capital. A campanha começou oficialmente nesta […]

Wendy Tonhati Publicado em 03/09/2018, às 11h53 - Atualizado às 12h09

Campanha foi lançada nesta segunda-feira. (Foto: Divulgação/PMCG)
Campanha foi lançada nesta segunda-feira. (Foto: Divulgação/PMCG) - Campanha foi lançada nesta segunda-feira. (Foto: Divulgação/PMCG)

21 de setembro é celebrado como Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Para marcar a data, durante todo o mês, será realizado, em Campo Grande, o “Setembro Inclusivo”, pela Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos e da Coordenadoria de Apoio à Pessoa com Deficiência da Prefeitura da Capital.

A campanha começou oficialmente nesta segunda-feira (3). O objetivo é promover a inclusão e o respeito aos direitos das pessoas com deficiência, buscando seu protagonismo e efetivando as políticas públicas, informou a Prefeitura.

A campanha contará com a parceria de mais de 20 entidades, entre associações, empresas, instituições e Secretarias que podem, de alguma forma, fortalecer a inclusão da pessoa com deficiência.

No lançamento, o prefeito Marcos Trad (PSD) comentou a respeito da importância de defender os direitos das pessoas com deficiência e a luta contra o preconceito. Ele ainda anunciou que 100% da frota dos ônibus circulares de Campo Grande terá espaço reservado para pessoas com deficiência, como rege a legislação.

“Estamos trabalhando para resolver isso e os ônibus já estão chegando. Todos os ônibus agora terão duas vagas reservadas para pessoas com deficiência”, confirmou João Resende, presidente do Consórcio Guaicurus.

O “Setembro Inclusivo” terá rodas de conversas, palestras, histórias de superação, nas escolas, universidades e empresas. Também é realizado curso de cabeleireiro para 10 pessoas com deficiência; lançamento do Aplicativo Todos no Ônibus, desenvolvido para facilitar o deslocamento desse público específico, atendendo neste primeiro momento cerca de 523 pessoas em Campo Grande; intensificação na fiscalização das vagas de estacionamento reservadas às pessoas com deficiência (será efetuado pela Agetran); entrega de bengalas verde (para pessoas com baixa visão); melhorias na acessibilidade, tanto em locais específicos como no transporte público (Sisep Consórcio Guaicurus).

Jornal Midiamax