Cotidiano

Sem competição há dois anos, Jogos Indígenas estão com inscrições abertas

Inscrições seguem até o dia 9 de abril

Raiane Carneiro Publicado em 20/03/2018, às 20h35

None

Inscrições seguem até o dia 9 de abril

A prefeitura abriu nesta terça-feira (20) as inscrições para a 12ª edição de Jogos Urbanos Indígenas de Campo Grande, que serão realizadas no dia 15 de abril, no Parque do Sóter. A competição acontece nas modalidades futebol, futsal, lança, cabo de guerra, e arco e flecha. As provas serão coordenadas pela Funesp (Fundação Municipal de Esportes).

As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de abril. Para participar, é necessário fazer o download da ficha de inscrição, que está disponível no site da fundação, para depois enviar um representante da comunidade até a sede da Divisão de Organização de Eventos da Funesp, localizada na Avenida Paulo Coelho Machado, 663.

Todo o regulamento está disponível no site da Funesp, que pode ser consultado neste link.

A competição não acontecia há dois anos e por isso, o retorno foi ressaltado pelo o diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra. “A programação deste ano retoma a competição trazendo provas coletivas como o futsal e o futebol, além de resgatar as provas tradicionais da cultura indígena, como Arco e Flecha, Lança e Cabo de Guerra, com o objetivo de criar um espaço de esporte e lazer que incentive a prática esportiva e a valorização da identidade indígena”, disse.Sem competição há dois anos, Jogos Indígenas estão com inscrições abertas

Segundo o presidente do CMDDI (Conselho Municipal Transitório dos Direitos e Defesa dos Povos Indígenas), terena Élcio da Silva Júnior, os jogos representam um momento de confraternização.

“É um momento de comunhão dos indígenas urbanos, porque mesmo distante de nossas aldeias, nós não nos esquecemos da nossa essência. Criamos este momento esportivo e cultural, porque jamais deixaremos de ser quem somos – indígenas. Além de ser uma oportunidade de nos encontrarmos, já que somos mais de 10 mil indígenas em Campo Grande”, disse.

Jornal Midiamax