Cotidiano

Prefeitura promove capacitação para cuidadores sociais das unidades de acolhimento

Capacitação voltada aos cuidadores sociais

Diego Alves Publicado em 15/02/2018, às 22h27

None

Capacitação voltada aos cuidadores sociais

Com o intuito de melhor atender as demandas específicas do público infantil assistido nas Unidades de Acolhimento Institucional do município de Campo Grande, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), promove até amanhã (16) uma capacitação voltada aos cuidadores sociais.Prefeitura promove capacitação para cuidadores sociais das unidades de acolhimento

As atividades, que tiveram início nesta quinta-feira (15), são coordenadas pela Superintendência de Proteção Social Especial e Gerência da Rede de Proteção Social Especial da Alta Complexidade, vinculadas a SAS, e terá como tema “Cuidados básicos nas fases do desenvolvimento infantil”.

O conteúdo que será contemplado na capacitação busca amparar profissionais que atendem demandas específicas nos cuidados de crianças de 0 a 12 anos, que no momento se mantêm afastadas do núcleo familiar, por medida de proteção, em razão de situações diversas, tais como abandono, ameaça ou violação de direitos e em situação de risco pessoal ou social. Tal público por vezes é acolhido em situações de extrema fragilidade emocional e de saúde física, o que exige conhecimentos e cuidados básicos da parte de quem o assiste.

O encontro contará com a presença da Enfermeira Cláudia Tejeda, que será responsável por ministrar a capacitação dos cuidadores das Unidades I e II, no que concerne às fases do desenvolvimento infantil.

A Gerente da Alta Complexidade da SAS, Adriana Gonçalves Lasalvia Fabretti, considera que “a capacitação faz-se necessária para que os cuidadores possam desenvolver suas atribuições e ampliar o conhecimento destes sobre demandas específicas encontradas no ambiente de trabalho, para que assim possam se qualificar e atuar com maior manejo e habilidade”.

Os temas abordados são conteúdos das fases do desenvolvimento infantil: rotinas de cuidados e atendimento na 1ª fase infantil; as principais doenças IMG-20180215-WA0244e quais os riscos nessa fase; cuidados básicos durante a manipulação do RN; riscos durante as mamadas; higienização e esterilização dos utensílios utilizados; sono e alterações, conforme desenvolvimento; estimulação da alimentação; início da pré-adolescência, a construção da autoimagem e cuidados relacionados.

Para a vice-prefeita Adriane Lopes, que participou do primeiro dia, as atividades influenciam diretamente no melhor processo de formação das crianças. “Viver é um aprendizado diário, que depende vitalmente de um cuidador, que acaba apresentando um mundo repleto de cores, formas e cheiros. Além disso, os cuidadores se tornam a primeira referência de amor para essas crianças, que se desenvolvem emocionalmente. Essa é a principal razão pela qual me orgulho dessa parceria com a SESAU em proporcionar essa oportunidade que fará toda a diferença no futuro”, analisou.

O secretário municipal da Assistência Social, José Mário Antunes da Silva, explica que a SAS propicia a oportunidade da formação, capacitação e qualificação. “Principalmente quando há parceiros, nesse caso com a Sesau, para que os nossos servidores, que estão fazendo o cuidados primordiais para com as nossas crianças e adolescentes acolhidas, tenham a disposição em aprender e trocar informações com outras unidades, o que é de suma importância. E a SAS tem esse olhar diferenciado”, concluiu.

Jornal Midiamax