Cotidiano

Marquinhos assina adesão e Capital deve receber R$ 4,2 milhões para assistência social

Recursos são do Fundo Estadual de Assistência Social

Maisse Cunha Publicado em 21/03/2018, às 17h03

None

Recursos são do Fundo Estadual de Assistência Social

​Campo Grande deve receber R$ 4,2 milhões em recursos estaduais para o SUAS (Sistema Único de Assistência Social), em 2018. O pacto de adesão foi assinado nesta quarta-feira (21) pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) e gestores de 78 municípios.       Marquinhos assina adesão e Capital deve receber R$ 4,2 milhões para assistência social

Os recursos, advindos do Feas (Fundo Estadual de Assistência Social), somam R$ 16.275.000,00 e serão repassados aos FMAS (Fundos Municipais de Assistência Social).  O repasse, conforme a Sedhast (Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Assistência Social), foi suplementado em 12%, se comparado ao valor destinado em 2017.

Para Campo Grande, o valor exato do repasse é de R$ 4.249.016,16 e poderá ser recebido em 12 parcelas de R$ 354.084,68, conforme a Prefeitura.

A distribuição dos recursos é feita com base no número de habitantes de cada município, número de famílias em situação de pobreza, fronteira, além e considerar expansões dos Creas (Centros de Referência Especializados de Assistência Social) e outros serviços de proteção social.

Segundo a Prefeitura, esses valores serão aplicados em 2 centros de convivência, 4 uunidades de acolhimento institucional, 2 residências inclusivas, no Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante), no centro Pop, que oferece assistência a pessoas em situação de rua, além de 12 organização da sociedade civil e centros de referência.

Jornal Midiamax