Cotidiano

Lei obriga shoppings da Capital a instalarem fraldários

Previsão de multa foi retirada de projeto

Joaquim Padilha Publicado em 23/04/2018, às 07h38 - Atualizado às 08h21

None

A Prefeitura de Campo Grande aprovou na última sexta-feira (23), em uma edição extra do Diogrande, uma lei que obriga os shoppings centers da capital a instalarem fraldários, ou os também chamados “espaços família”.

A lei, sancionada pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD), dá seis meses para os shoppings centers de Campo Grande se regularizarem. O projeto é de autoria do vereador João Rocha (PSDB).

Segundo a lei, os shoppings deverão instalar os fraldários em locais de acesso livre para pais e mães. Os espaços devem ser equipados com lavatório e condições suficientes para troca de fraldas.

“Certamente tudo que tem a ver com crianças, não está relacionado somente à mulher. Por isso a importância de se implantar esses espaços, não ficando restrito apenas ao banheiro feminino”, justifica o autor da lei no texto do projeto.

Inicialmente, o projeto foi votado contendo uma proposta de multa no valor de R$ 3 mil para shoppings que descumprissem a lei. O artigo da multa foi vetado pelo prefeito Marquinhos Trad.

Jornal Midiamax