Cotidiano

Guincho deve ser retirado no sábado e famílias passarão noite fora de casa

Durante a remoção do veículo, as famílias devem sair do local

Raiane Carneiro Publicado em 23/03/2018, às 20h30

None

Durante a remoção do veículo, as famílias devem sair do local

O guincho que tombou enquanto carregava uma piscina, na manhã desta sexta-feira (23), deve ser retirado somente no sábado (24). Conforme a Defesa Civil Municipal, no período em que o trabalho de remoção foi realizado, as famílias devem ser retiradas de casa. Por enquanto, os moradores de duas residências atingidas devem passar esta noite fora de casa.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, Capitão Pedroso, as casas não foram condenadas por riscos estruturais, porém, os danos em uma delas, que fica na Rua Guararapes, inviabiliza a moradia. “Uma das casas está sem condições de habitação porque danificou o telhado”, explicou.

A família que viva nesta residência, segundo o coordenador, já entrou em acordo com a empresa responsável pelo guincho. Outros moradores, da Rua Domingos Penuta, devem passar a noite em um hotel também por conta dos danos.

Apesar da situação, o Capitão afirmou que a saída dos moradores não se deu por danos estruturais nas casas. As pessoas que voltarem para as residências devem sair quando iniciar o trabalho de retirada do veículo. “Por risco de desabamento, comprometimento estrutural, não. Só por precaução na hora que estiver fazendo a remoção do guindaste”, disse.Guincho deve ser retirado no sábado e famílias passarão noite fora de casa

O guincho carregava uma piscina, que seria colocada em uma construção no Bairro Coophamat, em Campo Grande, quando acabou tombando e atingindo três casas na Rua Domingos Penuta.

O guincho teria parado ao lado e se preparado para descer com a piscina, quando não teria aguentado o peso tombando ficando escorado no muro de uma das residências.

Funcionário morto

Um funcionário da mesma empresa morreu nesta tarde depois de ser prensado por um guindaste. A empresa é especializada no aluguel de máquinas pesadas.

Por volta das 16 horas, equipes do Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionadas para ir até o local, na Avenida Guaicurus, em Campo Grande. Constatada a morte do funcionário, equipe da perícia foi chamada e está no local apurando as causas do acidente.

Jornal Midiamax