Cotidiano

Gêmeas abandonadas na maternidade precisam de doações

Família está precisando de itens básicos para receber crianças em casa

Ana Clara Santos Publicado em 27/04/2018, às 17h50 - Atualizado em 28/04/2018, às 11h01

None

A família de gêmeas que nasceram a menos um mês em Campo Grande está fazendo uma campanha para arrecadar itens básicos e ter condições de recebê-las em casa com todos os cuidados possíveis. O acolhimento foi uma surpresa para os tios das crianças, Wagner de Oliveira Ferreira, de 36 anos, e Simone Rafael de Sousa, de 31 anos, os quais ficaram com a guarda depois que a mãe as abandonou na maternidade.

Nascidas pré-maturas, as meninas ainda estão na incubadora da UTI Neonatal, sendo acompanhadas de perto pela nova família, que já tem a guarda provisória das crianças. O tio explica que ficar com elas foi a única forma evitar que fossem enviadas para algum abrigo, mas como não esperavam por isso, estão contando a solidariedade das pessoas para conseguir roupas, calçados, fraldas, produtos para higiene pessoal, banheira, berço, carrinhos, leite de suplementação alimentar e qualquer outro item que for útil nessa primeira fase da vida.

Ele ainda esclarece que, apesar de ser vigilante e ter emprego fixo, no momento está de licença e recebe auxílio-doença do INSS por conta de uma fratura no calcanhar, mas em breve deve voltar ao trabalho e sua esposa também está afastada, mas por lesão de esforço repetitivo (LER). Com o auxílio que eles recebem conseguem sustentar a filha de dez anos, mas com a chegada das meninas não terão condições de comprar tudo que é necessário para dar uma vida digna a elas.

As doações podem ser entregues na sede do Sindicato dos Empregados em Empresa de Segurança e Vigilância Patrimonial de MS (SEESVIG) que fica na rua Bom Sucesso, 857m Jardim Jockei Clube ou combinar a forma de entrega pelos telefones 3029-9958 ou 99217-8274.

Jornal Midiamax