Cotidiano

Fiéis se reúnem e madrugam no Centro para montagem de tapetes de Corpus Christi

Diversos fiéis da Igreja Católica lotam desde a madrugada desta quinta-feira (31) o Centro de Campo Grande para a tradicional montagem dos tapetes de Corpus Christi, mas com uma novidade: materiais modernos para facilitar a montagem e também a remoção dos tapetes após a missa das 15h. Considerada uma das festas mais importante da Igreja […]

Evelin Cáceres Publicado em 31/05/2018, às 10h14 - Atualizado em 01/06/2018, às 01h04

Fotos e vídeo: Marcos Ermínio
Fotos e vídeo: Marcos Ermínio - Fotos e vídeo: Marcos Ermínio

Diversos fiéis da Igreja Católica lotam desde a madrugada desta quinta-feira (31) o Centro de Campo Grande para a tradicional montagem dos tapetes de Corpus Christi, mas com uma novidade: materiais modernos para facilitar a montagem e também a remoção dos tapetes após a missa das 15h.

Considerada uma das festas mais importante da Igreja por celebrar o chamado ‘mistério da eucaristia’, ou seja, o sacramento do sangue e corpo de Jesus Cristo, o evento reúne as paróquias da cidade na Rua 14 de Julho. A montagem dos tapetes é dividida por quadra e cada igreja monta os tapetes por temas ou por livre escolha.

Neste ano, a Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro faz réplicas de vitrais e usa sal tingido para a montagem. O padre Dirso explica que o material é mais fácil de remover. “´Para não voar, a gente coloca água e cola. Mas depois fica bem fácil de lavar e deixar a rua organizada”.

O maior tapete é a réplica de um vitral da igreja de Aquidauana. São cerca de 150 pessoas somente da Paróquia empenhadas com a montagem.

Fiéis se reúnem e madrugam no Centro para montagem de tapetes de Corpus Christi
Foto Marcos Ermínio

Arnaldo Gonçalves, de 63 anos, monta pela primeira vez os tapetes. “Meu ego está nas alturas. Nunca tinha montado, mas é uma sensação maravilhosa ver ficando pronto. Eu e a minha esposa sempre participamos da missa à tarde, mas agora vou vir sempre montar porque é uma sensação muito boa”.

Coordenadora da juventude da Paróquia Nossa Senhora da Guia, Luciana Barbosa Amorim Machado, de 40 anos, explica que até às 11h os tapetes estão montados. “É muito bonito ver a comunidade reunida e trabalhando para um dia tão importante para a nossa igreja”.

Fiéis se reúnem e madrugam no Centro para montagem de tapetes de Corpus Christi
Foto Marcos Ermínio

Rafael Felix, de 23 anos, acredita que o evento diversifica as atividades dos católicos. “A gente conhece pessoas de outras paróquias e se reúne como comunidade, em uma atividade fora da igreja. Isso é muito bacana”, avalia.

A missa deve começar às 15h ao longo da Rua 14 de Julho, em uma procissão da Avenida Fernando Correa da Costa até a Avenida Mato Grosso.

Jornal Midiamax