Cotidiano

Empresas mantêm menos ônibus nas ruas para economizar combustível

As empresas do transporte público de Campo Grande mantêm a chamada “operação férias”, que diminuiu o número de veículos na frota. A medida tem como objetivo reduzir o consumo de diesel, no período em que caminhoneiros fazem greve e a distribuição do combustível segue prejudicada. Nas ruas, os passageiros reclamam da lotação excessiva dos ônibus, […]

Wendy Tonhati Publicado em 30/05/2018, às 07h29 - Atualizado às 08h29

Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax
Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax - Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

As empresas do transporte público de Campo Grande mantêm a chamada “operação férias”, que diminuiu o número de veículos na frota. A medida tem como objetivo reduzir o consumo de diesel, no período em que caminhoneiros fazem greve e a distribuição do combustível segue prejudicada.

Nas ruas, os passageiros reclamam da lotação excessiva dos ônibus, porém, na maioria das vezes, relatam não ter sentido os atrasos – especialmente no período da manhã. Foram retirados de circulação os “reforços”, as linhas executivas e os articulados, fora do horário de pico.

De acordo com o Consórcio Guaicurus, são 20 ônibus a menos nos horários de rush de manhã e à tarde. Os 23 veículos executivos com ar-condicionado (fresquinhos), que consomem cerca de 30% mais combustível, continuarão sem circular, sendo substituídos por ônibus comuns. Os 32 articulados também não sairão das garagens, já que consumiriam o dobro de combustível.

Não perca o ônibus!

  • Para evitar atrasos, o Consórcio Guaicurus já atualizou os horários dos ônibus em seu site. No Mobilibus é possível e verificar o trajeto e horário dos coletivos em tempo real.
  • Também é possível conferir onde está o ônibus apenas acessando o Google Maps no celular e identificando a parada de ônibus em que a pessoa.
  • O usuário do transporte coletivo também pode baixar oaplicativo Moovit, que indica os horários.
Jornal Midiamax