Cotidiano

‘Dia da maldade’: CRM-MS avalia abrir sindicância contra médica de postagem polêmica

O CRM-MS (Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul) afirmou que vai avaliar abrir uma sindicância para apurar conduta da médica plantonista da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Moreninhas, em Campo Grande, depois de polêmica nas redes sociais. Na postagem, a médica afirma que perguntaria o voto de cada paciente e só então […]

Mariane Chianezi Publicado em 28/10/2018, às 11h35 - Atualizado às 12h06

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais - Foto: Reprodução/Redes Sociais

O CRM-MS (Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do Sul) afirmou que vai avaliar abrir uma sindicância para apurar conduta da médica plantonista da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Moreninhas, em Campo Grande, depois de polêmica nas redes sociais.

Na postagem, a médica afirma que perguntaria o voto de cada paciente e só então decidiria se ele ‘merece’ alta caso não fossem contrários a opinião política dela.

“Hoje é dia de maldade. Perguntar pro paciente em quem vai votar antes da alta. Dependendo da resposta, alta só segunda!!”, escreveu a profissional.

O conselho teria recebido denúncias sobre a postura da médica e disse que setor responsável irá investigar.

“O Conselho Regional de Medicina do Mato Grosso do Sul esclarece que a entidade é uma autarquia federal sem posicionamento ou direcionamento político, sendo assim, a denúncia sobre a médica será encaminhada para o setor responsável para análise dos fatos e possível abertura de sindicância”, diz nota.

Jornal Midiamax