Cotidiano

Com 2º maior crescimento no número de nascidos, MS também é líder em divórcios

Conforme Registro Civil divulgado na quarta-feira (31), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Mato Grosso do Sul registrou no ano passado o segundo maior índice de crescimento do país, com 48.036 nascimentos. Segundo o IBGE, o número representa aumento de 6,3% em relação a 2016, perdendo apenas para Tocantins que registrou aumento de […]

Cleber Rabelo Publicado em 31/10/2018, às 18h44

Foto: Divulgação/HRPP
Foto: Divulgação/HRPP - Foto: Divulgação/HRPP

Conforme Registro Civil divulgado na quarta-feira (31), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Mato Grosso do Sul registrou no ano passado o segundo maior índice de crescimento do país, com 48.036 nascimentos.

Segundo o IBGE, o número representa aumento de 6,3% em relação a 2016, perdendo apenas para Tocantins que registrou aumento de 9%. No estado, entre os nascidos de 2017, os homens são maioria, com 24.702 registros, sendo 15.473 de Campo Grande.

Em relação à idade da mãe na data do parto, os registros de 2017 apontam maiores números na faixa etária de 20 a 29 anos, com total de 23.309.

Casamentos e divórcios

Ainda conforme o Registro Civil divulgado pelo IBGE, Mato Grosso do Sul aparece em primeiro lugar no ranking nacional de divórcios. O cálculo é feito da divisão do número de registros pelo número de habitantes, multiplicando o resultado por mil.

Conforme a estatística, o número de divórcios consensuais concedidos em 1ª instância ou por escritura, aumentou em 11,5% no estado, somando 6.808 em 2017. Em Campo Grande foram 3.496 casos. Ainda segundo as informações, o tempo médio de duração do casamento caiu de 18 para 11 anos, no período entre 2007 e 2017.

Em relação ao número de casamentos, houve redução de 4,6% em 2017. O número caiu de 17.444 para 16.650.  Já casamentos registrados entre cônjuges do mesmo sexo aumentou de 32 para 44.

Jornal Midiamax