Após tragédia em SP, lojistas pedem fiscalização de prédios abandonados em Campo Grande

Pedidos foram protocolados na Prefeitura, MPE e Corpo de Bombeiros
| 15/05/2018
- 16:10
Após tragédia em SP, lojistas pedem fiscalização de prédios abandonados em Campo Grande

A CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande) protocolou ofícios solicitando a fiscalização preventiva e educativa das edificações abandonadas na área central de Campo Grande.

Foram protocolados pedidos de vistoria na Prefeitura Municipal, na Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana), no MPE (Ministério Público Estadual) e no Corpo de Bombeiros.

Segundo nota divulgada à imprensa, o pedido é em decorrência da tragédia ocorrida em 1º de maio, onde um prédio, local de ocupações irregulares, desabou após incêndio na capital paulista.

O presidente da CDL, Adelaido Vila, afirma que o pedido é para que exista uma fiscalização preventiva na capital. “Queremos que seja uma ação preventiva e educativa, de forma a evitar os riscos e possíveis tragédias” afirmou em nota.

 

 

Veja também

Um estudo aponta que o lixão da Capital só aguenta receber descartes até o ano que vem

Últimas notícias