Cotidiano

Biometria: Espera no Cijus ultrapassa 4h e idosos comparecem por obrigação

O atendimento é preferencial, mas tempo de espera no local foi maior

Mylena Rocha Publicado em 16/03/2018, às 16h21

None

O atendimento é preferencial, mas tempo de espera no local foi maior

A fila no Cijus (Centro Integrado de Justiça), no centro de Campo Grande, ultrapassou quatro horas de espera nesta sexta-feira (16) de acordo com relatos de eleitores que esperavam no local. É o último dia de atendimento no local que faz o recadastramento apenas para preferencial e muitos eleitores afirmam que só votam por obrigação.

O aposentado Gerson Vieira, de 74 anos, é um deles, ele afirma que espera na fila desde as 8 horas da manhã. Quando conversou com o Jornal Midiamax, já se passaram quatro horas e meia e ainda faltavam dez pessoas para que ele fosse atendido. Gerson não sabia ao certo se precisava votar ou não, mas não quis arriscar. “Se eu não preciso votar? Eu não sei, disseram na televisão e eu vim para a fila. Eu esperava que fosse mais rápido por ser idoso”, conta.

O desejo de votar também não estava entre as justificativas de Luzia Moço para enfrentar a fila. Ela conta que chegou ao Cijus às 8h30 e a fila já virava a esquina. “Eu fiquei no sol até  que o pessoal resolveu organizar a fila pra caber todos na sombra. Ficamos em pé ou sentamos no chão, na escada”. Luzia tem 71 anos e não tem certeza do porquê do recadastramento, mas veio ao Cijus para não perder os benefícios que recebe. Ela afirma que viu no jornal que poderia perder o que ganha do INSS se não fizesse a biometria. Biometria: Espera no Cijus ultrapassa 4h e idosos comparecem por obrigação

O consultor José de Souza Costa tem 59 anos e conseguiu ser atendido após quatro horas e meia de fila. Ele conta que não se esqueceu, mas não teve tempo para fazer a biometria até então. “Não tem como esquecer porque os jornais falam disso o tempo todo. Eu tirei uma folga hoje e vim, a fila estava na rua, fiquei muito tempo no sol”, afirma. José se mostra frustrado, ele esperava ficar na fila por no máximo uma hora.

Idosos, gestantes e até pessoas à procura de um encaixe na fila preferencial compareceram nesta manhã no Cijus à procura de uma fila rápida e se sentiram frustradas. O Centro Integrado de Justiça não informou quantas pessoas passaram pelo local nesta manhã ou qual o tempo médio de espera. De acordo com relatos de eleitores, a fila ultrapassou as quatro horas de espera no local. Em outros pontos de atendimento, a espera para quem tem preferência não chegou a meia hora.

Jornal Midiamax