Cotidiano

Após bater em caçamba, professor teve 45% do corpo queimado e aguarda UTI

Passou por operação no joelho

Thatiana Melo Publicado em 18/01/2018, às 11h57

None

Passou por operação no joelho

O professor de matemática e mecânico de aeronaves, de 25 anos, que sofreu um acidente ao colidir a motocicleta que conduzia, na noite desta quarta-feira (17), em Campo Grande, no Bairro Monte Castelo, teve 45% do corpo queimado após a moto explodir.

De acordo com a assessoria de comunicação da Santa Casa, o professor está em estado grave esperando por uma vaga no CTI (Centro de Terapia Intensiva). Ele passou por uma cirurgia no joelho esquerdo, devido a fratura que sofreu.

O professor está entubado e sedado e teve queimaduras no tórax, rosto, pescoço e braços. O acidente aconteceu a poucos metros da residência da vítima. Ele transitava em uma moto Honda Titan no sentido norte-sul quando bateu contra a caçamba estacionada. Após bater em caçamba, professor teve 45% do corpo queimado e aguarda UTI

Segundo testemunhas, um carro vinha pelo sentido contrário e teria invadido parcialmente a faixa do motociclista. Ao desviar do veículo, o tanque da moto bateu contra a caçamba. O capacete chegou a ficar preso na cabeça da vítima, segundo testemunhas.

Jornal Midiamax