Cotidiano

Anúncio de venda de terreno circula em grupos e Semadur promete fiscalizar

Denunciante diz que terreno seria público

Raiane Carneiro Publicado em 19/03/2018, às 20h25

None

Denunciante diz que terreno seria público

O anúncio de venda de duas casas em um terreno no bairro Jardim Centro-Oeste virou alvo da Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana) por se tratar de uma possível área pública. A secretaria informou que irá fiscalizar a situação no local após tomar conhecimento, nesta segunda-feira (19), da mensagem que está circulando pelo WhatsApp.

Ao Midiamax, um leitor que preferiu não se identificar contou que viu o anúncio em um grupo do WhatsApp de vendas de Campo Grande. Não há informações se o terreno é público ou privado. O anunciante informa na mensagem que é “um terreno grande medindo 12×30. Com duas casas no terreno”.

Segundo a publicação, o valor pedido é R$ 45 mil e o fato de ser um terreno de comodato é ressaltado ao fim da mensagem. “É uma área de comodato a mais de 30 anos. Água e luz legalizada!!! NÃO HÁ RISCO DE PERDER!!!”.

Ao ser questionada sobre a situação, a Semadur informou que irá enviar uma fiscalização no local para apurar a denúncia. Se for confirmada a situação da venda da área, “serão tomadas as providências necessárias como notificar o invasor, solicitar a retirada do mesmo e a demolição das estruturas que houverem”.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax