Cotidiano

VÍDEO: depois de operação que cortou 120 ‘gatos’, moradores protestam

Moradores querem religação

Aliny Mary Dias Publicado em 10/08/2017, às 19h48

None

Moradores querem religação

Cerca de 50 famílias que vivem no bairro Mário Covas protestam contra a operação da concessionária Energisa que cortou 120 ligações os irregulares, os famosos ‘gatos de energia’ de 120 imóveis. Revoltados com a ação, os moradores fecharam a principal rua do baixo e pedem o restabelecimento da energia.

De acordo com a concessionária, a ação que contou com apoio de equipe da Polícia Militar teve objetivo de garantir segurança das famílias que invadiram a área desde 2015. Ainda segundo a Energisa, pelo menos outras quatro operações já foram realizadas na mesma área. Levantamento da empresa revela que em média são desviados R$ 78 mil por ano com as ligações clandestinas.

Após a ação e a saída das equipes da concessionária, cerca de 50 famílias iniciaram protesto nesta tarde. Eles fecharam a Rua Catiguá, principal via do bairro, e o trânsito de carros está sendo desviado pela PM.

A dona de casa Debora de Souza, de 31 anos, conta que não é possível viver sem luz e que todos estão dispostos a pagar pela energia. “Estamos manifestando pelos nossos direitos, como vamos ficar, como vamos viver sem luz?”.

VÍDEO: depois de operação que cortou 120 ‘gatos’, moradores protestam

Por sua vez, a Energisa informou que por lei só pode regularizar o fornecimento de energia em áreas invadidas se houver permissão do Governo, Prefeitura ou Ministério Público.

Jornal Midiamax